Minha infância, minha vida, meus amores e dores; minhas idéias e meus ideais; idéias alheias, conversação entre sorrisos e lágrimas, tudo contado de uma maneira gostosa e com uma pitada de bom humor por uma pessoa FELIZ!

domingo, 28 de novembro de 2010

Viver ou juntar dinheiro?


"Há determinadas mensagens que, de tão interessantes, não precisam nem sequer de comentários. Como esta que recebi recentemente.
Li em uma revista um artigo no qual jovens executivos davam receitas simples e práticas para qualquer um ficar rico. Aprendi, por exemplo, que se tivesse simplesmente deixado de tomar um cafezinho por dia, nos últimos quarenta anos, teria economizado 30mil reais. Se tivesse deixado de comer uma pizza por mês, 12 mil reais.
E assim por diante.
Impressionado, peguei um papel e comecei a fazer contas. Para minha surpresa, descobri que hoje poderia estar milionário. Bastaria não ter tomado as caipirinhas que tomei, não ter feito muitas viagens que fiz, não ter comprado algumas das roupas caras que comprei.
Principalmente, não ter desperdiçado meu dinheiro em itens supérfluos e descartáveis.
Ao concluir os cálculos, percebi que hoje poderia ter quase 500 mil reais na minha conta bancária.
É claro que não tenho este dinheiro.
Mas, se tivesse, sabe o que este dinheiro me permitiria fazer?
Viajar, comprar roupas caras, me esbaldar em itens supérfluos e descartáveis, comer todas as pizzas que quisesse e tomar cafezinhos à vontade.
Por isso, me sinto muito feliz em ser pobre.
Gastei meu dinheiro por prazer e com prazer.
E recomendo aos jovens e brilhantes executivos que façam a mesma coisa que fiz. Caso contrário, chegarão aos 61 anos com uma montanha de dinheiro, mas sem ter vivido a vida.
Não eduque seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz. Assim ele saberá o VALOR das coisas e não o seu PREÇO"
Max Gehringer


Se tudo correr bem, amanhã eu volto. Vocês me esperam?
Que a semana seja espetacular para todos!

Bjs no coração!




38 comentários:

Chica disse...

Tudo há de correr bem e voltarás!Linda mensagem!beijos,chica

@Flafli disse...

Oi Nilceeeeeee... andei sumida mas cá estou!

Adorei este post. Me fez lembrar uma frase que li outro dia... "Crie filhos e não herdeiros!"

Beijos!

Lili Bolero disse...

Às vezes, coisas que nem custam caro nos enchem de alegria. É claro que o dinheiro é impoprtante, mas não é tudo. De que adiantaria ter economizado tanto se lá na frente precisássemos gastar o dinheiro acumulado em remédios? Por isso eu vivo o agora com responsabilidade e aproveitando todas as oportunidades de ser feliz. Beijokas e uma ótima semana pra vc.

Glorinha L de Lion disse...

Nilce, hj mesmo estava falando sobre isso no almoço com marido e filhos! Temos um conhecido, da família, que está enriquecendo muito, trabalha de sol a sol, junta, investe, mas não usufrui...é um jovem que só pensa em economizar..não vive a vida, sem o saber que amanhã, pode não estar mais aqui...de que adianta o dinheiro, se não o usufrui? Digo sempre, deve-se trabalhar pra viver e não, viver pra trabalhar...afinal, nossa vida é um sopro, que a qq momento pode se apagar. Vivamos cada minuto! Prefiro não ser rica do que viver assim. Ótima sua reflexão!Beijos,

manuel marques disse...

Um rico nunca se pode divertir com tanta alegria como um homem pobre ...

Um beijo minha querida.

Cantinho She disse...

Nilcinhaaaaaaaaa, sensacional esse texto, e é a mais pura verdade, e a vida passa tão depressa, é preciso mesmo curtir as coisas boas da vida, pois da vida a gente leva a vida que a gente leva... ;)
Beijo, beijo!
She

PS: Se tudo correr bem, vc volta???? Fiquei preocupada com essa frase... :(

Lúcia Soares disse...

"Mais vale um gosto que dois intens", né não?
Se são "vintens", a sabedoria é secular. rsrrs
A gente tem que pensar nas 2 coisas: divertir-se e provisionar, pois pode haver um futuro longo pela frente.
Só não pode deixar de viver e ser feliz. Dinheiro nunca fêz a felicidade de ninguém, nem comprando o que se quer. Não é o bem material que nos faz falta...
Beijos! Volta, sim, UAI!!

Iram M. disse...

Bom texto para reflexão.
Amiga, senti sua falta, Vc está bem?
Beijo

Iram

Astrid Annabelle disse...

Estava quase liberando um post com o mesmo texto Nilce!!!
Quando vi o link do seu blog desisti de postar..
Belíssimo ensinamento, com o qual eu concordo inteiramente.
Um beijo grande e há de correr tudo bem se Deus quiser!
Astrid Annabelle

Carla Farinazzi disse...

Certamente que amanhã você estará de volta, né Nilce! Por favor, estamos aguardando, afinal.
Lindo texto, eu prefiro não guardar dinheiro, não sei nem se estarei por aqui amanhã...

Beijos

Carla

disse...

Nilcinha, sou da teoria de aproveitar a vida e ser feliz!!! Prefiro o pouco sentindo o muito!!!Bjosss

lolipop disse...

Amiga querida...sei que estou em dívida contigo, mas não te esqueci.
Eu não podia estar mais de acordo com esse texto...á força de tanto poupar há muita gente que deixa de viver...e a vida não espera, a vida se vai quando menos se espera.
TERNURAS MUITAS
SEGURA PONTAS AÍ!!!
TE ADORO!!!!
Até amanhã!!!!!

orvalho do ceu disse...

Olá, querida Nilce
Esse pensamento é fonte de inspiração para nós, pais... avós...
Cheguei de viagem mas em tempo hábil de desejar-lhe uma noite feliz e abençoada.
Bjs dominicais.

Dora Regina disse...

Nilce, prefiro o "ser" do que o "ter".
Gostei muito de texto, é bem reflexivo.
Um abraço! Boa semana!

Michele disse...

Ótima lição, Nil!
São os valores que formam o indivíduo que faz com que ele saiba viver bem sua vida e aproveitá-la ao máximo, só guardando boas recordações. Os bons e verdadeiros momentos se fazem presentes para quem sabe apreciá-los e até mesmo, cultivá-los. Essas coisas, o dinheiro não compra!

Beijo, querida!
Boa semana!

Fernanda disse...

Amiga querida!

Ficas linda de Mãe Natal :)))

Sovina?! NUNCA!
Viver é hoje,mesmo!
Claro que se deve planificar e viver em conformidade com as posses, mas viver sim!

Beijos

Camille disse...

Bem legal essa reflexao. Esses textos dessas economias as vezes deixama gente tao culpada naoé?
Bjos e bom retorno. ( é da viagem?)
Cam

Mahria disse...

De certo que viver é bem melhor. No entanto economizar um pouquinho é bom também, nunca sabemos como será o amanhã.


Correrá tudo bem sim, tá?

Bjs
Mah

Beth/Lilás disse...

Oi, Nilcinha!
Ainda passeando, menina?!
Belo texto e reflexão, também concordo que não se deve ser 8 nem 80.
bjs cariocas

Liza Souza disse...

Nilce, esse texto é excelente, principalmente para nos fazer refletir o que é realmente importante nessa vida.
Beijos e volta sim!

Misturação - Ana Karla disse...

Talvez poupar um pouco, mas deixar de viver não faz parte de uma vida feliz.
Sem falar que nem se sabe se vai chegar aos "61".
Penso assim também, viver todos os momentos.
Boa semana
Xeros

Jaque ઇ‍ઉ disse...

Oi manhê! Como vc está?

Li esse texto em algum lugar, mas não lembro onde...

Nos faz pensar mesmo, mas eu prefiro fazer do que ficar na vontade. Claro que seria ótimo se eu conseguisse guardar um dinheirinho rs

Super beijo linda!

Leci Irene disse...

Olá menina!!!!!!! Nilce, acho que a gente tem que viver hoje, não esbanjar, mas viver...

ValeriaC disse...

Extremamente verdadeira esta mensagem querida...
Tenha uma adorável semana amiga...beijinhos
Valéria

MAQUIAGEM EH TUDO !!! disse...

Hummmmmm, boa reflexão.Lindonaaaaaa vc jah tah participando do concurso lah do blog...lindonaaa conto com vc p participar tah....me deixe feliz e participe..kkkkkkkk
Corre q ainda dah tempo...naum aceito naum hein!!!!!
Bjks em seu heart
Vanessa Ramos
www.vanenen.blogspot.com

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Claro que tem razão, Nilce! Costumo dizer que se não gastasse dinheiro estaria coberta de notas até ao tecto Mas para quê? Se não for para nos dar prazer, para que serve o dinheiro? Ele não pode ser usado mesmo, mesmo para mais nada; só mesmo para que o utilizemos no nosso dia a dia para sermos felizes; o dinheiro é que nos serve e não nós a eles. Por acaso tenho um post sobre dinheiro e gastar, lá no começar de novo; é claro que ele tem que ser gasto com o necessário equilíbrio, aliás, como tudo na vida, mas como podemos viver sem gastar algum , como se costuma dizer, "mal gasto"? Não considero mal gasto, pois se for para nos fazer felizes é sempre bem gasto; excepto, é claro se não nos soubermos controlar e comecemos a fazer dividas desnecessáriamente, como trata o post a que referi..Como diz o meu pai" quero viver rico e morrer pobre" Tem toda a razão! Um beijinho, amiga e qualquer dia volto. Fica bem!
Emília

Denise disse...

Olá minha flor, como vai?

Que mensagem mais perfeita, adorei!

Muitas vezes as pessoas deixam de viver e perceber que as coisas mais simples na vida são as fazem sentido...

Tenha uma ótima semana, bjinhos!

pensandoemfamilia disse...

Não é o valor das coisas que nos dão felicidade, Podemos ser felizes com coisas simples e que não custam nada, como por ex: ver o sol se por. Penso que o dinheiro vale para podermos fazer o que nos é prazeiroso.
bjs

diariodumapsi disse...

Linda mensagem!
O mais importante é viver!
Tudo dará certo sim.
Tenha uma semana abençoada.
Gd beijo

✿Lady✿ disse...

Oi florzinha!
Desculpe a ausência, muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo. Mudança de cidade, procurar escola para o filho etc.
Devemos viver da melhor maneira possível, lembrando que a vida é curta, os momentos especiais não tem preço.
Beijo carinhoso.
Lady

Isa mar disse...

Oi Nilce, essa mensagem é muito linda!
Uma vez recebi ela em apresentação Power point e nunca mais esqueci.
O que vale é a gente viver bem e se sentir bem porque não levamos nada daqui apenas o que fizemos de bom
Beijos no coração!

LILIANE disse...

Nilce, minha linda
que mensagem fantástica.
as coisas tem valor, não preço.
que bonito.
vou ler a mensagem para os meus meninos.
beijo querida
obrigada por sua amizade e carinho tão constantes no meu blog.

Pepi disse...

Linda e sábia mensagem,Nilce
Beijinhos mil
Verena e Bichinhos

José Sousa disse...

Querida Nilce!
Este poste é uma grande lição de vida. Sem duvida, concordo plenamente com esta ideia e é assim que sempre usei minha vida.

O seu blog é muito lindo! Sabe, na postagem seguinte me deixou com água na boca! Falar de pitanga, huumm, nunca mais comi desde que saí de Angola mas aindalhes sointo o gosto! Que delicia!


Um beijo em seu coraçãooooo.