Minha infância, minha vida, meus amores e dores; minhas idéias e meus ideais; idéias alheias, conversação entre sorrisos e lágrimas, tudo contado de uma maneira gostosa e com uma pitada de bom humor por uma pessoa FELIZ!

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Uns dias de hospital, tiro de letra...



Sei que estou protelando o assunto: aquele “pequeno” problema de saúde. Mas não adianta, ainda não estou pronta para entrar no assunto. Vou apenas resumir o meu desaparecimento.

Havia uma semana que não estava bem e minhas dores exigiam que a cada dois dias fosse para o hospital tomar medicamentos, então resolvi vir antes para minha cidade. Precisaria estar aqui dia 05, sexta, mas viemos no sábado, dia 30. Não poderia dirigir, ainda mais só, os 250 km da cidade onde moro até aqui, então meu marido veio me trazer. Precisava ficar com o meu carro. É estou aqui.Por que dia 05? Porque precisava ir a outro médico. Aí é uma outra história também...Chegamos no sábado à tarde e adivinhem... direto para o hospital e casa. Mas na segunda-feira tive que ser internada para tomar os medicamentos em horários precisos para tentar sair da crise. Nestes casos, sou medicada através de um intracat que facilita muito, pois não há necessidade de ficar procurando o que já não tenho: veias nos braços e nas mãos.O calor aqui está imenso. Chuvas diárias, o que transforma tudo num forno. O ap do hospital possui ar condicionado, mas não tem o que temos em casa. Nosso cheiro, nossas coisinhas, enfim, nossa baguncinha particular. Por que será que tudo é tão bom no nosso cantinho. Sempre digo que adoro viajar, mas o melhor mesmo é voltar para casa. Não tenho problemas do tipo, não acostumei em tal cidade. Onde estão minhas coisas está tudo muito bom.

Então, acho que já descobriram que tenho dois cantinhos. Só que no momento prefiro mesmo ficar lá no outro. Aqui tá meio bagunçado, eheh.

Bom, para simplificar fiquei no hospital todos esses dias e hoje pedi para sair porque tenho que ficar mais uns dias aqui e sei que quarta “o bicho vai pegar”. No momento as dores estão um pouco controladas e o que mais me incomoda é a alergia do micropore onde ficou o intracat.

Desculpem se as coisas ficaram um pouco sem sentido. Aos poucos vou conseguindo explicar. Que fiquem as perguntas.


Bjs no coração!

Nilce

2 comentários:

Lu disse...

Oi Nilce
Senti falta de vc esses dias, snif...
Espero que esteja melhor, imagino que não é facil ter que ficar comparecendo no hospital nessa frequencia que vc tem que ir. Mas se Deus quiser, um dia isso vai passar. Força...
Bjs
Lu

Kelly disse...

Nilce, força , paciência e espeança, é o único caminho, grande beijo e fique boa logo!!!