Minha infância, minha vida, meus amores e dores; minhas idéias e meus ideais; idéias alheias, conversação entre sorrisos e lágrimas, tudo contado de uma maneira gostosa e com uma pitada de bom humor por uma pessoa FELIZ!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Carnaval, eita preguiça!

Nasci e fui criada na “folia” do Carnaval. Sempre adorei.

Quando criança, minha mãe improvisava fantasias e nos divertíamos como nunca. Que saudades, sempre, da minha infância.
Depois de casada não perdi o gosto e até troféu de foliã eu ganhei. Tenho tudo gravado, eheh. Só que naquele tempo íamos a clubes. Durante as 4 noites, sem cansar, “pulávamos” muito. Até grávida de quase 8 meses pulei muito e aprontei uma. Caí de uma cadeira. Mentira, quebrei as 4 pernas da coitada. Resolvi subir, imagine a loucura. Resultado: hospital, 3 pontos na cabeça, todo mundo assustado, preocupados com o bebê, é claro, e 24 h sem poder dormir em observação.
Sorte da foliã aqui, que era a última noite e nada de grave aconteceu, nem comigo, nem com minha filha. Acho que não me perdoaria jamais.
Há alguns anos Carnaval para mim, saiu de dentro dos clubes e foi para a rua, nos trios elétricos, mas não deixou de ser bom, mesmo porque comecei a passar no litoral e lá é rua mesmo. Ah, sempre acompanhei também pela TV.
Não que tenha perdido o gosto, mas comecei, na verdade, a ter receio (medo mesmo), e passei a ficar só com a TV. Agora então.........Carnaval, virou spa, spa de engorda. Muita calma, paz, comida e cama, esta última, mais para assistir TV do que dormir, é claro.
Então já dá para imaginar como foram os últimos dias aqui em casa. Muita comida boa, feita pela minha filha, e sossego. Se não fosse o barulho da TV, dia e noite (já explico o dia),  só se ouvia barulho de talheres e risos dos meninos.
Minha filha e o namorado quando não estavam na cozinha ou vendo um filme, estavam cada um num lap, jogando, pode? Meu marido e eu, só “de boa”, eheh.
O que, neste ano, foi uma combinação legal para nós, foi o fato de estarmos na época das Olimpíadas de Inverno. Por isso a TV durante o dia, ou à tarde pelo menos. Precisávamos dormir um pouco. Patinação artística no gelo é tudo de bom. Simplesmente espetacular!
Ah, e isso não acabou, só o carnaval, por isso vou parar porque no momento está passando as finais individuais masculino. E bota masculino nisso!

Até mais,

Bjs



1 comentários:

Kelly disse...

Olá Nilce, acabo de ler seu comentário no meu blog, acho que você não deve saber a razão do meu blog, mas o criei em meio ao maior desepero da minha vida, que foi o dia que minha sobrinha morreu - 05 de outubro de 2009. Éramos irmãs, mais que isso, ela se foi com 32 anos, e eu fiquei sem ela com 33, tínhamos 10 meses de diferença de idade, vivemos juntas até os 12 anos e depois mesmo a distância nossos corações nunca se separaram. Sinto tanta falta dela que nem consigo explicar, se vc seguir o marcador karine no meu blog vai ler desde o primeiro dia. Ficar sem ela foi algo que nunca imaginei na minha vida, e até hoje tenho a impressão de que ela está só trabalhando e que a qualquer momento no msn vai levantar a janelinha com a foto dela e vamos bater papo.
ME sinto tão só sem ela, tão sozinha, apaixão que tenho pela internet vem dela, foi ela que me ensinou a dar os primeiros passos com computadores.
Não tem como não chorar ao falar dela, vc ode ver no meu blog a foto dela, como é linda, só sei que nesses 4 meses tenho tentado a reaprender a viver e tá difícil, mas não tem outro jeito.
Obrigada por seu carinho, e desculpe pelo desabafo. beijos