Minha infância, minha vida, meus amores e dores; minhas idéias e meus ideais; idéias alheias, conversação entre sorrisos e lágrimas, tudo contado de uma maneira gostosa e com uma pitada de bom humor por uma pessoa FELIZ!

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Vamos relaxar um pouco?





Ticionário pra quem fai pra rexion de Xaracuá, Pomerode, Plumenau, Xoinfile  e  adjacências


APELHA - (s.f.) - Inseto foador que faprica o mel. Vive em colméias. Ter cuidado com o ferón bois quando bicam doe pastante. Alguns bõem querozene ou mixam em cima bara aliviar a feroada. O mel é muito abreciado bara vazer remédios, em doces e brá colocar no cachasa.
 
BALHA - (s.f.) Balha te milho muito utilizada em cicaros.
 
BALHERO - (s.m.) - Uma cicaro feito com balha te milho. Os mais velhos costumam guardar em cima ta orelha, formando uma coloração amarelada e cheiro característico que non sai mais. Pode tomar quantos panhos quizer que non sai…
 
BIBOGA - (s.f) - Produto que vem to milho próprio frito em panha e sal.
 
BEIDO - (s.m.) - emisson nón controlata te cases, pode ser, e frequentemente é, um ato foluntário, por puro pracer ou bara diversón em lucares púplicos como pailes com pandinha e kerbs. Resultado ta ingestón te quantidades generosas te PÍA (cerveja), SAUARKRAUT (rebolho em conserva) e FOTZ-A-PERA ( rapanete em conserva) e VOCHT (linqüiça), entre outras especiarias to cozinha alemã, como o Rolmopz. Também chamado de  "Cais De Bunda"
 
CARETA - (s.f) - Expressón facial que transforma o rosto ta pessoa, geralmente quem xá é feio fica ainda mais feio. Tampém leva esse nome um certo caro puxado por xuntas de pois ou cafalos.
 
CATOFLA - (s.f.) - Patata. Geralmente preparada assada, cozida ou vrita..
 
CHÁ - (adv.) - Logo, agora, neste momento.
 
CICARO - (s.m) - Tubo te papel ou balha, recheado te fumo picado no qual se acende numa ponta e fuma.
 
CRITA - (verbo) - Ato de critar, berar, aumentar o volume ta voz geralmente com surdo, ou quando se pede algo para peper ao carçon.
 
DOALHA - (s.f.) -Tem tois tipos: Para colocar no mesa e para se secar após o panho. Tem tampém as doalhinhas higiênicas que são menores e utilizadas para limpeza tas bartes íntimas.
 
FUSSPAL - (subst.) - Esporte muito abreciado em que se usa uma pola te couro, tois times com once te cada lado, tuas coleiras e alguns curis para puscar as polas quando são chutadas bara longe. Quem conseguir colocar mais polas dentro ta coleira adversária, é o canhador. O xogo tem tois tempos de 45 minutos.
 
GACHASA - (s.f) Aguardende. Depois ta pía, é a pepida mais consumida pela alemoada. Geralmente servida bura ou misturada com limom.
 
JAROBE - (s.m) - Remédio feito geralmente te ervas, ou com mel e agrião. Muito indicado nos resfriados fortes com muita tosse. Indíviduo chato que gosta te imbortunar ou algo que não se goste. Ex.: A rádia ta Frida non tá com nada, só toca música jarobe!
 
JUDERAS - (s.f.) - calçado te couro utilizado para a brática to fusspal.
 
LOMPINHO - (s.m.) - Carne muito apreciada do borco, assada ou vrita.
 
PAGAXI - (s.m.) - Fruta esbinhenta muito abreciada bura ou bigada com outras frutas, tais como panana, maçã, mamóm, melon e laranxa. Os mais gachaceiros fazem um oco e tentro bõem o cachasa e sugam com pomba te chimaron ou canutinho.
 
PANDA - (s.f.) - É o coxunto te amigos que se une a fim te fazer música que tem bor nome pandinha.
 
PAR - (s.m.) - O mesmo que botega, armazém que serve toto tipo te pepidas e tira-gosto, como: toresmo, quejo, mortadela, ofo cozido, etc.
 
PARACO - (s.m) - Casa humilde, sem luxo.
 
PARALHO - (s.m) - Xogo de cartas. Muito apreciado nos pares e casas te família.
 
PARANCO - (s.m) - Encosta ingrime ao lado ta estrada.
 
PEM - (adv.) - O contrário de mal.
 
PIÇA - do verbo piçar. Ex.: Non piça no minha crama vagapundo!
 
PICICLET - (s.f) - Meio te transporte te 2 rodas com traçon humana através te bedais e coreia.
 
POI - (s.M.) - Touro castrado. Dele tuto se abroveita, só se escapa o bero!
 
POLZA - (s.f.) - Tem vários dipos: polza te mulher, polza para lixo, polza te zubermercado para embacotar as compras e polza te ações financeiras.
 
REBUCHO - (s.m.) - Força exercida belas ondas to mar.
 
TIARÉIA - (s.f) - certo disturbio intestinal muito comum para quem come panana com cachasa, ou beber pía xelada com linqüiça quende, toresmo com chimarom. Sabe-se que alguém tá com tiaréia quando no meio to paile alguém sai em tisparada levando tudo bor diante. Quanto folta, tá suado e amarelo e pros mais íntimos faz o seguinte comentário: Tô mixando pelo bura, rapaiz!
 
TULIBAKOT - Expressão similar ao “meu Deus do céu”!
 
XOTA - Décima letra do alfabeto.
 
XUNTO - Estar acompanhado te algo ou alguém. Ato te xuntar alguma coisa.. Ex.: O Fritz xuntou a carta do paralho da chon.
 
ZIM - (adv.) - Sim, concorda, aceida, deixa, consente.

Autorr: Alemon te Xoinvfile




 Bjs no Coração!


40 comentários:

✿ chica disse...

Rssss...é interessante observar os diferentes sotaques que encontramos! beijos,linda semana,chica

Bia Jubiart disse...

Bom dia Nilce!

Realmente, temos muitos paralelos na língua portuguesa rsrsrsrs...

Continuo em Sampa, hoje visitarei Embú das Artes. Depois conto as novidades!

Umaa boa semana p/ você!

Beijossssssssssssss

Misturação - Ana Karla disse...

BOM DIA NILCE!

Estou passando para desejar-lhe uma ótima semana de paz e alegrias.

O dicionário é óóóótimoo!

Xeros

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

ahahaha adoro esse sotaque alemãozado que tem no sul. rs.
boa semana Nilce!

ValériaC disse...

Rsrsrsrs...adorei conhecer este Ticionário, Nilce... bom conhecer para quando eu tiver a alegria de conhecer estes lados ...acho tudo ai um encanto...
Minha amiga, tenha uma ótima semana...beijinhos
Valéria

Beatriz disse...

Oi Nilce
Esta parte de Santa Catarina é mesmo encantadora, não! Estive lá há uns cinco anos, e só de ver suas fotos já me dá uma vontade louca de voltar....
Beijinhos,
Bia
www.biaviagemambiental.blogspot.com

Vivian disse...

Bom dia,Nilce!!

O sotaque é muito forte!!!rsrsrs
O dicionário ficou ótimo!!
Beijos!!
Tenha uma semana iluminada!!

Anne Lieri disse...

KKK...Nilce,muito divertido ver que dentro do Brasil somos muitas linguagens diferentes!Adorei e ri á beça de algumas palavras!Bjs,

Beth/Lilás disse...

kkkkkk
Que barato esse Ticionário!
Começar a semana rindo é comigo mesma, adoro esses besteirol!
bjs cariocas e ótima semaninha!

Iram M. disse...

Por Deus "muié", donde vc tirou isso? Me sentir lá na Baviera alamã. kkkkkkk.... muito divertido.

Beijos, linda

William Garibaldi disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKK
Amei\!
Sério!
Que gracinhaaaaaaaa
Que bom estar sempre xunto aqui do seu Blog! kkkkkk

Silenciosamente ouvindo... disse...

A língua de cada país, de cada região é coisa complicada.
Tudo bem amiga? Desejo que sim.
Bj.
Irene

welze disse...

olá minha querida. a foto da sua netinha, está linda demais. adorei o post. Como vou sempre para aqueles lados, pois adoro Jaraguá do Sul, Pomerode, Joinvile e adjacências é claro, vou estudar o vocabulário local. Quando estivemos pela primeira vez em Pomerode fomos ao Zilerthal, ou algo parecido e comemos o tal do maréco com repolho( o r pronunciado como se estivesse no meio da palavra e com um r só). não gostei muito mas não esqueço o alemão falando daquele jeitão tão gostoso. boa semana

nacasadorau disse...

Nilce, amiga lindona.

Quase não entendia nada :))))
Sotaque há em todo o Mundo... Portugal não excepção, mas tem aí cada uma :))))

Beijão

GRAÇA disse...

Nice!
Amiguinha desculpa de não ter vindo mais sedo ,mas está no blog a razão da minha ausencia
Como está a tua boneca?
Turrinhas da amiga
Kika

manuel marques disse...

Mas que confusão que para aqui vai minha querida,andou bebendo???? Rsrsrsrsrsrs.

beijinhos meus.

Élys disse...

Muito interessante as diferenças de sotaque no Brasil.
Beijos.

Luma Rosa disse...

Sério que o povo fala assim? Nossa, dá mais trabalho ler errado do que ler certo, imagina falar!! Coitados dos gringos que aportam por lá! Boa semana! Beijus,

AVOGI disse...

os bês passam a pês os ; oxês a jotas assim como na galicia
giro minha guerreira
kis :=)

Cris disse...

Oi doçura,

Que saudades de você!!
Não vai passear por aqui não?? Se vir podemos marcar um café aqui em casa!
Eu adoraria recebê-la..

Beijos no seu coração!
Amo quando vc dá um oi!!

Cris

Lívia Azzi disse...

Eu vou ter que reler com mais calma, Nilce!!

Cheguei de viagem hoje e estou ainda um pouco tonta...

Beijos e carinhos...

♥ κєκєl ♥ disse...

oieeeeeeee

AAAAAAAAAdorei o post.....tem q passar em floripa e conhecer o manezês kkkkkkkkkkkkkkkk

Passando para te contar uma novidade. Tem selinho para vc no endereço abaixo:

http://aspalavrasquemedefinem.blogspot.com/2011/04/selinho-este-blog-e-apaixonante.html

Beijooooooooooooos

Mariz disse...

Super interessante, adorei o post e dá prá relaxar mesmo.

mil beijos!

Deborah - Delicias1001 disse...

Nilce
Essa é boa. Ler mensagens relaxantes é gostoso demais!
E vim aqui também pra agradecer pelas palavras de carinho pelo aniversário do meu blog.
Sua presença constante fortalece nossa amizade.
Bjs
Deborah

Néia Lambert disse...

Nilce, nessa manhã que por aqui está apagada, chuvosa, sem graça, foi muito bom dar umas boas risadas, rsrss.

Beijos

Lu disse...

Oi Nilce
daria tb para ser o dicionário de um austriaco falando português. Adorei!
Estou sumida porque estou ha 2 semanas com visitas em casa. Amanhã eles voltam e a casa fica no ritmo normal.
É claro que tem lugarzinho reservado para vc aqui em casa. É só me dizer a data. Só vejo que vai ter briga com a Iram pra ver quem fica com vc mais tempo, hehe.
Bjs
Lu

Andréa disse...

Muito bom e interessante este dicionário, achei curioso é muito legal, que diferença de linguagem rsrs.

Que Deus a ilumine sempre!
bjs,
Andréa...

Beta disse...

Eita!!!

O povo por lá não fala assim não, fala???rs

bjkas

Lu Souza Brito disse...

kkkkkkkkkkkkkk, Nilce, tirando um pouquinho de exagero, é mesmo muito parecido o jeito que eles falam. Perto da minha casa tem uma familia dessas regiões. Tem coisas que realmente eu nao entendo.
Beijos

disse...

Saudades também Nilcinha...esses caminhos que tomamos na busca de nos aproximarmos dos nossos sonhos por vezes nos distancia da realidade. Sempre que posso venho mesmo em silêncio por aqui e por ali, matando um pouco essas saudades da assiduidade anterior. Mas um dia volto como antes. Bjossss

Socorro Melo disse...

Oi, Nilce!

Que dicionário legal! Muito criativo, kkk. Dá pra se vir bem ciom ele.

E a Rafaella, está bem?

Beijos
Socorro Melo

Astrid Annabelle disse...

Achei foi muita graça nesse ticionário Nilce!!!!rssss
De certa maneira não me é estranho já que convivi com alguns parentes alemães...hehehe
Gostaria muito de conhecer esta região do Brasil..sabe que ainda não conheci Blumenau onde reside meu filho????:((
Gostei de dar estas boas risadas.
Um beijo agradecido por isso.
Astrid Annabelle

Mariazita disse...

Nilce, querida
Fartei-me de rir! Acho imensa graça a este tipo de falas. Cá em Portugal, apesar de ser um país pequeno, também há sotaques muito diferentes dumas regiões para outras.

Uma semana feliz. Beijinhos

Ângela disse...

Amiguinha, saudadeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeegrandeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee.

Querida minha, primeiro não entendi niente (rsrsr)depois fiquei rindo sózinhakkkk, só você mesmo!.

Já estou no ninho, matando saudade das crias, passei pra te ver e também matar um tiquim da saudade de você.
estou tentando colocar a vida em dia, ta um pouco corrido, mas eu consigo, vou tentar estar no msn logo mais para podermos fofocar.

saudade e bejim, cheim de saudadeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee.

diariodumapsi disse...

KKKKKK!
Só você mesmo Nilce para decifrar essa língua estranha!
Gd beijo

Carla Farinazzi disse...

Oi Nilce!

Excelente, eu fui pro sul e realmente tinha certa dificuldade pra entender o que os descendentes alemãos e austríacos diziam, principalmente se falavam rápido, rsrsrs.

Muito bom seu "google tradutor", rsrs

Beijos

Carla

Teresinha Ferreira disse...

Olá Nilce,
kkkkkkkkk....Muito bom!!!
Terapia do riso.
Bom para sair do sério...Relaxar um pouco.
Boa semana.
Bjs mil

Liten disse...

Ola adorei seu blog e ja estou seguindo!!

Beijos e me visite quando puder!
Talitah Sampaio