Minha infância, minha vida, meus amores e dores; minhas idéias e meus ideais; idéias alheias, conversação entre sorrisos e lágrimas, tudo contado de uma maneira gostosa e com uma pitada de bom humor por uma pessoa FELIZ!

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

CARROÇA VAZIA!


Certa manhã, meu pai, muito sábio, convidou-me a dar um passeio no bosque e eu aceitei com prazer.
Ele sentou numa clareira e depois de um pequeno silêncio me perguntou:
- Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa?
Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi:
- Estou ouvindo um barulho de carroça.
- Isso mesmo é uma carroça vazia...
- Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos?
- Ora, é muito fácil saber que uma carroça está vazia por causa do barulho.
- Quanto mais vazia a carroça maior é o barulho que faz.

Tornei-me adulto, e até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais, gritando (no sentido de intimidar), tratando o próximo com grossura inoportuna, prepotente, interrompendo a conversa de todo mundo e querendo demonstrar que é a dona da razão e da verdade absoluta, tenho a impressão de ouvir a voz do meu pai dizendo:
Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz...


Você já se inscreveu para a Blogagem Coletiva de 1º ano do “A vida de uma guerreira”?
NÃO??? Então não perca tempo, clica AQUI Ó, ou olha direto no post abaixo e participe. 
Tem sorteio...(abafa).
Aos que já se inscreveram e têm mais que um blog, mas ainda não me passaram o link daquele em que vai postar, por favor, me avisem. Quero fazer a lista dos participantes.
Obrigada a todos que já aderiram e “vambora” participar vocês que ainda não se inscreveram.
Vamos todos declarar o nosso amor!

Bjs no coração!

38 comentários:

Carlos Medeiros disse...

Onde trabalho há pessoas barulhentas que nem pensam que estão atrapalhando os que trabalham, acham que são divertidas.

Beatriz - Jubiart disse...

Oi Nilce!

O que tem de carroça vazia por mundão afora...
Quando eu lecionava usava a técnica do silêncio... Quando a turma estava falando alto, no maior tititi, eu ficava na frente do quadro com os braços cruzados olhando...Funcionava, uns cutucavam o outro e iam se calando até ficar silêncio total e eu voltava a aula normal.

Um bom domingo p/ você.

Beijos.

Dora Regina disse...

Nilce, geralmente as pessoas que não tem argumentos fazem muito barulho.
Se não existe diálogo há violência.
Bom domingo pra você e a todos os seus mais queridos.
Um abraço.

Chica disse...

Um lindo aprendizado nessa "carroça"...beijos,lindo domingo,chica

"(H²K) - Hamilton H. Kubo" disse...

As vezes penso que muitos não costumam ler, ou se lêem não entendem.
A tanto a se aprender com histórias como esta! Mas simplesmente alguns as ignoram.

Beijos

Andradarte disse...

Mais uma que aprendi, nas minhas visitas aos Blogs....

Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz...

Beijo

lolipop disse...

pois é Nilcinha, há por esse mundo mais carroça vazia do que cheia...
Texto sábio!
Eu tou na blogagem!!!!
BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Meri Pellens disse...

Querida, que belo e reflexivo esse conto da carroça! Adorei!
Beijo e bom domingo, Nilce!

Iram M. disse...

Eita, Nilce as vezes eu sou igualzinha uma carroça vazia, viu!
Mas sei preencher ess CARROÇA em questão de minutos também.
Amei falar com vc ontem. Me senti como se tivesse falado com minha mãe, numa paz e num conforto interior indescritível.
Beijo amiga

Iram

Ângela disse...

NILCINHA, ADOREI ESSE POST, as vezes eu e o namorido gostamos de ir a um barzinho aqui pertinho de casa, e na quinta-feira passada fomos, mas o barulho me incomodava muito, ao lado de nossa mesa sentou-se uma garota que falava aos berros, preferi vir embora, e comentamos porque as pessoas falam gritando, encontrei a resposta no seu post.
bom domingo querida. um enorme beijo e "aquele abraço" que estamos devendo uma a outra.

welze disse...

é tão verdadeira essa história, pena que muitos não a conheçam ou não acreditem nela. um abração.

Inaie disse...

menina, eu devo ser a mais vazia das carrocas. falo alto, gesticulo, converso com dez pessoas ao memso tempo, gargalho...

:-(

diariodumapsi disse...

Ei amada Nilce!
Estou com problemas na minha internet pois de vez em quando a danada cai, além disso estou numa correria só.
Mas é claro que estou com você! Pode contar comigo na blogagem coletiva. Estou dentro!
Boa semana para você.
gd beijo

Mônica Bif disse...

Olá querida!!! Ameiiiii o seu Blog! Muito edificante!!!! Já convido tb vc a seguir o meu: www.blogdamonicabif.blogspot.com! Te espero lá tb!!! Bjkas e tudo de bom!

Ana Martins disse...

Bonito o post Nilce, mais mais importante do que bonito, é a mensagem que ele transmite e com a qual concordo plenamente.

Beijinho,
Ana Martins

Esplendor da criação disse...

Muito interesante este texto,é bem verdadeiro quanto mais vazio..., mais barulho faz, é para refletir, onde ou quando faço tanto barulho??
Ah vou participar da sua festa.Desde já parabéns! Bjus

Bombom disse...

Uma história breve e simples e tão cheia de significado! Adorei!
Queria participar na Blogagem Colectiva do 1° aniversário de A Vida de Uma Guerreira, mas não sei tirar o selo e pô-lo no Meu Estaminé!!! (Ai, o que ainda me falta aprender!). Bjs. Bombom

Luma Rosa disse...

Cliquei em "Aqui ó" e deu erro 404. O link está errado!
Nunca pensei sob esse prisma. Seu pai é um sábio!!
Beijus,

Denise disse...

Olá minha querida, como vai? Que saudades!

Feliz Ano Novo!!!!!

Voltamos com força total, depois de umas férias merecidas! Agora vai ter que me aturar de novo... rs

Adoro seu cantinho por nos proporcionar sempre algo para aprender, rir, emocionar, sabia? E esse post não foi diferente...

Bjão, ótima semana!

Jaque ઇ‍ઉ disse...

Muita gente sabe que não é no grito que se consegue alguma coisa. E educação não faz mal a ninguém.

Beijo amiga querida!

Deborah - Delicias1001 disse...

Oi, Nilce
Adorei receber sua visitinha...
E o dia 18 tá chegando... e um aninho parece pouco, mas só quem caminha tuuuuudo sabe o quanto vale, né?

Quanto à minha blogagem, é só vc postar alguma coisa, pode ser um texto, ou uma ideia, ou algo relacionado com o momento de férias de janeiro. Vc sabe, crianças na casa e mães trabalhando, chuva (que atrapalha as ativ, externas) e sol...
Alguma postagem que tenha a ver com isso tudo... Seria tegal abrir mais as suas visitas e as minhas tb. Afinal, quem visita aqui conheceria o meu blog e o contrário aconteceria tb, né?
Veja o que vc acha.
Se precisar de mais alguma dica, me fala, tá?
Depois é só me enviar o seu link.
Bj
Deborah

www.delícias1001.com.br

Élys disse...

Gostei!...
Não conhecia, muito interessante.
Olha!... vou lhe falar baixinho, eu sou muito jovem, em fevereiro completo, 73 anos.

Misturação - Ana Karla disse...

Ameiiiii!
Mas não é que é verdade mesmo?
"Cão que ladra, não morde"

Vim para a festa. Vou me cadastrar.
Xeros

Ricardo Calmon disse...

OLÁ MININA MARVARDA QUE TANTO AMO,COMO PESSOA DOUTA BLOGUEIRA E COMO MINHA AMIGA SEGUIDORA GIRASSOLICA!ME ABANDONASTE PURRRRRRRRRRRQ????????CAMPOS MEUS DE GIRASSOIS ,MURCHANDO ESTÃO,SEM TEU SOLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL

HELPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPP
SMACKSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

VIVAQ LA VIEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

Leci Irene disse...

Lindo texto!!!!!!!!! Uma história que mostra uma verdade!!!!!!

Beth/Lilás disse...

Nilcinha!
Quanta verdade nesta pequena estória!
amei!
bsj cariocas

*-* Márjorie Makes*-* disse...

Nossa que mensagem bonita !
e bem verdadeira !
Super beijo pra ti flor.

http://marjoriemakes.blogspot.com

Manuela Freitas disse...

Olá Nilce,
Uma óptima mensagem!
Adiro à blogagem e levo o sêlo!..
Beijinhos,
Manú

Isa Mar disse...

Oi Nilce já programei a mensagem e coloquei o selinho no meu blog
E vamos encher nossas carroças...de coisas boas é claro rsss
Beijos pra ti e uma ótima tarde!

Michele disse...

Oi, querida!

Você viu a DM que te mandei, falando do nascimento da Clarinha? Estamos todos bem por aqui, e cada dia mais apaixonados! Ela é linda, amiga! Coloquei uma fotinho dela no blog! :)))

Sobre seu post, taí uma grande verdade! Quanto mais a pessoa grita, intimida, é prepotente, mais vazia e pobre de espírito ela é!

Um beijo grande!

Cris França disse...

oba a primeira do ano , quero participar sim! um beijo Nilce e obrigada pela força e pelo carinho.
ah eu amo essa historinha, até ja publiquei uma vez.

Betty Gaeta disse...

Oi Nilce,
Adorei a parábola da carroça. Realmente é muito barulhenta.
Bjkas e uma ótima noite para vc.

http://gostodistonew.blogspot.com/

JOANA CAMPOS disse...

Amigaaaaaa! Tô levando o selo para divulgar....(só hoje né? não belisca assim que dói).

Beijos

Zilda Santiago disse...

Olá Nilce,passando para ler e registrar meu outro blog para a coletiva de anivesário:http://rumoslibertadores.blogspot.com

Bjksssssssssssssss no coração....