Minha infância, minha vida, meus amores e dores; minhas idéias e meus ideais; idéias alheias, conversação entre sorrisos e lágrimas, tudo contado de uma maneira gostosa e com uma pitada de bom humor por uma pessoa FELIZ!

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Gorda, Eu???


Para quem tem mais ou menos a minha idade, sabe que para nossas avós, a exuberância de corpo representava saúde. “Estar gordo” significava “estar sadio”, principalmente, para mulheres e crianças.
Eu, que sempre fui um “palito”, era considerada sem saúde, uma criança e depois uma adolescente que merecia cuidados especiais. Poderia ficar anêmica a qualquer momento, ou o era constantemente, para todos.
Nunca gostei de ser magérrima. Ganhava tantos apelidos na escola...
Assim cresci e mesmo adulta, continuei magra. Esse foi o meu natural, meu porte físico não era parecido com o de minha mãe ou avó materna com tendências para ser “gordinha”, depois da vinda dos filhos.
Minha avó paterna, como boa italiana, tinha um corpo exuberante e minha fragilidade também a preocupava. O carinho a mim dispensado sempre foi maior.
Mas, de doente mesmo, nunca tive nada.
Era muito esperta, isso sim. Sabia aproveitar-me da situação para ter sempre “o mais gostoso” da alimentação, ao meu alcance.
Só as dores de ouvido na primeira infância, minhas famosas alergias e as "ites", herdadas de minha avó materna, são os "males" que me acompanham até hoje.
fonte

Agora pensem comigo na situação, no que me aconteceu,  esses dias, quando encontrei uma amiga que não via há alguns anos.
Muito feliz, ela correu ao meu encontro, abraços, beijos, muita alegria, eu com tanta coisa para contar e ela também. Muitas novidades... 
E aquela minha “querida do coração”, solta essa:
- Nossa como você está bonita, gorda, saudável, “tá” até papuda.
Ops!
“Tá” bom eu autorizo vocês a rirem. Fiquem à vontade.
Já riram???
Tudo bem que engordei uns 20 kg (abafa) , de seis anos para cá, com tanto corticóide (desculpa é o que não me falta), e a idade também ajuda.
Sou como massa de pão que é só esquentar já infla, estufa, incha, sei lá.
Mas, bem que ela poderia ter ficado só no “bonita”, "saudável", rsrs, o gorda eu aceitava, agora, “com papo”... eu dispensava.
Marido foi tratando de dizer que eu não estava gostando nada do “estar gorda” e que me sentia mal. Ela, coitada, que ainda pensa que é saúde, acabou se desculpando tanto que até fiquei com dó.
Meu “excelentíssimo” diz que agora tem mais mulher. Vai saber né? Spa não pode pagar mesmo, só mais alface e a hidro que tenho que voltar esta semana.
Pois é, ou eu não como nem minhas saladas mais, ou vou para um spa. Chique que só.
Fiquei pensando: sssspá.
Legal, mas caro...
Eu que sou proibida de fazer qualquer exercício físico, ir para um lugar desses e comer alface...
Ssssspá....

Tem cada uma que me acontece!

Bjs no coração!


31 comentários:

Dama de Cinzas disse...

Pois é! Até uns 25 anos eu era muito magra, mas nem pensava muito nisso. Afinal podia comer de tudo... Aos 26 anos eu ganhei meu primeiro pneuzinho e de lá pra cá minha vida virou uma obsessão em manter peso. Algo doentio, confesso... Eu não aceito ser gorda... rs

Beijocas

diariodumapsi disse...

Kkkkk!
Só você mesmo né Nilce!
Sabe que também sempre fui muito magrinha, palito mesmo!
Quando casei tinha 42 quilos, pode?
Agora já tenho 51 quilos e alguma barriguinha...Rssss!
Curtindo o feriado?
Gd beijo

Taia Assunção disse...

Hehehehe...passo pela mesma situação. Não esquento mais, e marido sempre sai a minha defesa...uma graça, ele pega nos meus múltiplos pneus e fala: amor, você tá tão magrinha...tô sentindo suas costelinhas...hehehe. O amor é cego. Ainda bem. Ah, minha papada vai bem obrigada. Beijocas!

Lu disse...

Nilce
desculpa, mas eu ri mesmo. Papuda é o fim... ainda bem que ela pensa que estava elogiando.
O Serginho diz que a culpa da gordura dele é da Vanderli, uma empregada que eu tinha em Castro e que uma vez fez uma vitamina de ovo de pata para ele engordar. Não conta os hamburgeres e os refris que ele toma.
Mas o que importa mesmo é que vc está lindona. E se o marido gosta quem é que tem que por defeito?
Bjs
Lu

Chica disse...

rsssssssssssss...bem engraçado mesmo...

Mas, nem me fala que eu estou muito acima do meu peso...e não me animo mais a fazer as drogas de exercícios...Chega! Tô com quase 62 e deu pra bola,rsrsr...beijos,tudo de bom,chica

Ramonices disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk

Fodaaa, eu sempre fui gordinho e quando parei de fumar fikei extremamente gordo, mas ai voltei a fumar :D e praticar esportes ae to voltando ao peso normal, mas nunca liguei pra isso...

Abraços Thiago Ramone.

Pepi disse...

Oiii
Não fique aflita pois nosso mãe também ganhou uns quilinhos...
Outro dia, um amigo falou para ela:
"Sempre bonita... tá até mais FORTE"
Forte para ela é GORDA...aff
Ela também não têm mais paciência de fazer dieta. Ela só faz fisioterapia por causa da coluna.
Lambeijos e Ronrons carinhosos
Pepi,Xixo e nosso mãe

Pepi disse...

Ops...voltamos
Nosso mãe gostou tanto das duas meninas na balança, que vai levar para o nosso blog...hihihi
Lambeijos e Ronrons
Pepi e Xixo

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

Saudações estimada amiga, me perdoe a ausência (mesmo sabendo que não perdoa, mas tenho que pedir) excesso de trabalho devo dizer, a mente tão exausta que não consegue nem sequer pensar em ligar o computador.
Mas enfim, achei hilário seu texto, principalmente com a parte em que teve dó de sua amiga, e tem razão antigamente se ouvia muito isso de que gordinho era sinônimo de saudável... Na minha infância era bem gordinho, sempre o mais fofinho dos irmãos, hoje acredito ser o mais mirradinho... Coisas da vida não é? rsrs
Agora um Spa realmente deve ser carinho, visto os que vemos na TV cheios de coisas... rsrs Melhor mesmo é uma caminhada em céu aberto e em meio a natureza, de preferênciad e mãos dadas... hehehe.... Não se paga nada e ainda se curte a paisagem estando com a pessoa amada!! Beijos, saudades!! Ah mas boas notícias né? A MARGARIDA TA DE VOLTAAAA... rsrs

Barbie Girl disse...

Ahh Nilce, tive que rir, essa se empolgou com sua saúde, hehehe

Mas o importante é ser feliz eu que tô correndo dos corticóides... ui!

Obrigada por divulgar, sempre muito querida!!

beijos

lolipop disse...

OI NILCINHA!!
Olha aí o querido amigo Hamilton anunciando minha chegada...É tão bom rever-vos a todos...
Eu acho que vc está sempre linda, mas ganhar peso não tem graça se a pessoa não se sente bem. Mas acho que spa não é solução não. Há medicação que faz ganhar peso mesmo comendo pouco.Corticóides fazem parte desse lote.E que tal um bom drenante daqueles que se deitam em litro e meio de água e têm ananás, chá verde e algum queimador como a L-carnitina? Saladas, beringela, courgette, grelhados e caminhadas quando possa...com o grande César do seu lado.
Mas continuo dizendo pra mim vc é LINDAAAAAA!
Coitada de sua amiga...rsrs
TERNURASSSSSSSSSSS
Ainda não e-mailei, mas não demora.
CARINHOSSSSSSSSSSSSSSS

Meri Pellens disse...

Eu também sempre fui magra até nascer minha primeira filha. Aff... Eu queria mesmo emagrecer uns 10kg rs...
Beijos na alma, amiga!

Laninha disse...

Puts!!! rsrs Acontece... Bom que sua amiga te achou saudável e qndo é comigo que sou magrona que as pessoas logo me perguntam se estou bem e coisa tal!? Esses sinceros são dispensáveis, não é!? rsrs
Bjs

HSLO disse...

Olhe eu já passei por isso, porém ao contrário do seu caso. Até os 20 anos era magro...e ai, escutei muitas críticas e tal...mas nunca liguei. Logo depois, comecei a ganhar corpo...

Fernanda disse...

Olá Nilce!

Olha amiga, até à parte em tu eras magricela e toda a gente gozava, eu me senti retratada...tal e qual.
Aconteceu até, que uma amiga da minha mãe, um belo dia disse à minha frente que eu, coitadinha, só tinha olhos e cabelo, que era melhor cortarem-me o cabelo bem curto, para ver se eu crescia e engordava :))))

Cortaram-me o meu rico cabelo à rapaz, chorei pipas, para nada...

Contrariamente ao teu caso, eu não comia mesmo...nada, fosse o que fosse...
Só de pensar que tinha que mastigar já me enfadava.

Tive tudo o que é doença, tudo mesmo!
Escapei e fiquei bem imune.

Hoje sou a "mini" de sempre...
Tenho 1,53 de altura e peso 53 quilos, às vezes um pouquinho mais, outras menos.
Mas como ... e de tudo :)))))

Agora, minha linda, com a idade a avançar, as gordinhas ficam bem mais bonitinhas :)))
Não esquenta!

Beijinhos

Isa mar disse...

É pra acabar mesmo né amiga? Tem pessoas que não se tocam no que falam e por mais que a gente tente levar numa boa é difícil
Eu até tenho mantido o meu peso nos meus 40 e tantos, mas sempre tem uns espíritos de porco que ficam um tempo sem ver a gente e dizem: Nossa como vc engordou! e tenho mantido meu peso há anos apesar do efeito bexiga que vai dos 57 aos 62 e depois volta.
Mas sinceramente? eu fico P da vida com essas falas KKKKKK porque a gente se mata pra ficar controlando e não exagerar em doces, sorvetes e chocolates e depois vem alguém e acaba com a tua alegria né?
A gente sempre pode passar sem essas coisas, afinal temos espelho em casa uasuahsuash
Beijos e ótimo feriado pra você sem sssspá.... kkkkkkk

Kelly disse...

Puxa Nilce, essa de papuda foi demais heim, parece minhas tias aqui de Piraju, tem hora que chego a duvidar desse achar bonito gente gorda, parece mesmo que é para irritar rsrsrsrs, mas tirando a irritação, acabamos rindo disso tudo..beijos

Bombom disse...

Como os conceitos mudam através dos tempos! Quando eu era pequenita, lembro-me que nos diziam que "gordura é formosura". E que "a açorda faz a velha gorda"! Depois passou a ser moda ser magrinha e elegante", como se uma carga de ossos tivesse alguma elegância. Como no meio é que está a virtude, temos é de ter equilíbrio entre aquilo que comemos e o exercício físico que fazemos. Agora para as pessoas que têm de tomar certos medicamentos, torna-se bem mais complicado. Eu quando tive de tomar medicamentos para a depressão, engordei. Mas depois que me curei, tudo voltou ao normal. Agora a grande vantagem das "gordinhas" é que têm muito menos rugas! Sabias? Um abraço da Bombom

Mahria disse...

"...minha vida virou uma obsessão em manter peso. Algo doentio, confesso... Eu não aceito ser gorda..."


Faço minhas as palavras da Dama de Cinzas.


Agora essa de papuda, foi demais viu?


Bjs
Mah

Denise disse...

Oi Nilce!

Cada uma que acontece né?

O jeito é levar na esportiva e se valorizar, sempre!

Eu também sofro com isso... era uma palito qdo tinha 14 anos, tinha 45kg e fazia questão de tomar no café da manhã coxinha e refrigerante para ver se engordava. Só descobri que era depois dos 25 anos que o metabolismo mudava e qdo comecei a namorar o Carlos que queria ser magra como antes (cheguei a engordar 10 kg durante o namoro, mas graças a Deus perdi uma parte).

Hj penso que não adianta a gente ficar sofrendo, deixando de comer o que gosta e ligar para que os outros falam. Simplesmente como um pouco de tudo e faço aulas na academia para queimar as calorias. Temos que nos adaptar em algo do nosso alcance para encontrarmos uma solução.

Bjinhos, bom feriado!

disse...

Tive que rir Nilcinha!!! Muito bom, ainda mais que pude me ver no seu texto. Já aconteceu algo bem parecido comigo, rsrsrs! Nós mulheres e nossos eternos dilemas com peso seja ele alto ou baixo e até na normalidade (existe?), mas sempre sendo referência, só não sei para que?! Bjos e um ótimo feriado!!!!

Misturação - Ana Karla disse...

É isso Nilce, você disse certo, depois de uma certa idade pra eliminar o peso não é tão fácil. Há muito que estou fora do peso ideal, mas vou levando com toda felicidade. he he he

Bom restante de semana.

Xeros

manuel marques disse...

Infelizmemte hoje, setenta por cento da humanidade ainda morre de fome... e trinta por cento faz dieta.
Cuide da saúde,mais quilo menos quilo o que interessa é sentirmo-nos bem.

Beijinho.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

hahaha
NILCE MAS ESSE TEXTO ESTÁ BOM DEMAIS! VC ESCREVEU ELE DE UMA MANEIRA DELICIOSA.

Eu tb era magrelo. E todo mundo vinha com o papo de "mirradinho, fraquinho, anemico, etc". Agora desembestei a engordar (pq sou safado e como mto mesmo) pronto, lá vem pentelhação rs...

enfim, a moda agora é ser fio de cabelo. mas seu marido tá certo, quem gosta de espeto é churrasco, os homi qué carne.

bjs e bom feriado minha amiga

ValeriaC disse...

Ah minha flor, confesso que ri, mas da situação...me fez lembrar da minha doce vozinha...ela nunca gostou de ser magra e depois que ficou mais velha, engordou, e nunca reclamou, adorava e certa vez encontrou uma conhecida, bem obesa e na inocencia ela disse...nossa como voce está bonitona, gordona, etc...mais não foi critica, ela achava bonita mesmo, pra ela isso era beleza de verdade......quer saber...homem não gosta de magras...rsrsrs.....gostam das mais cheinhas...
Beijinhos ...
Valéria

anita sereno disse...

oi linda és fantasista os teus contos faz-nos vibrar enquanto lemos ,
e um sorriso deixamos escapar dos nosso lábios das tuas fazes tão lindas tão verdadeiras e tão bem escrita
eu graças a Deus não tenho problemas assim de engordar
mas a que sofra muito e a quem seja mesmo obsessivo por uma pequena barriguinha já é um pesadelo mas fazer o que
beijos na alma espero que estejas bem boa semana

Tati Pastorello disse...

kkkkkkkkkkkkkk
Agora, que falta de tato, não é?
Eu sou de uma família de origem italiana, e sempre ouvi coisas como estas quando engordava. Ai, que raiva!!! Elogiarem termos engordado é o fim para qualquer mulher que vive nosso padrão atual, né?
Agora, certas coisas não se dizem, né?
Beijos.

Beth/Lilás disse...

Hummmmm, escrevi lá da serra um comentário, mas não entrou!!!
Vou tentar reescrever o que disse.
Bem, eu acho que nossos maridos gostam mesmo da nossa 'gordelícia', afinal é melhor umas 'carninhas' do que espetos. hehe
Quanto a emagrecer, fazer dieta, estou quase a desistir, afinal só me convidam para jantar ou churrascos. Fazer o quê?!
Ontem mesmo fomos jantar na casa de amigos que nos ofereceram um delicioso bacalhau e pra arrematar as sobremesas eram divinas. Não posso negar que adoro comer, principalmente as sobremesas. hehe
beijocas cariocas

Socorro Melo disse...

Nilce,

Eu também estou nessa luta, mas, ando tão indisciplinada que não consigo parar de comer e vou ficando "mais saudável" cada dia,kkkk
Todas as pessoas que se aproximam de mim, principalmente as que não vejo a mais tempo, já me cumprimentam dizendo: você está mais forte (gorda).Arre!
Antes eu ficava triste, agora relaxei, que é pior, kkkkkkk
Mas, vou recobrar a disciplina e vou tentar perder uns quilinhos, ou pelos menos, evitar aumentar mais.

Beijos
Socorro Melo

gorettiguerreira disse...

Oi minha linda!
Estive fora em Fortaleza cuidando de meu pai, querida.
Amei a piada da "maldita balança"...rs
Seu kantinho é super.
É um prazer ter-te como seguidora Nilce.
Bjs de luz.
Guerreira