Minha infância, minha vida, meus amores e dores; minhas idéias e meus ideais; idéias alheias, conversação entre sorrisos e lágrimas, tudo contado de uma maneira gostosa e com uma pitada de bom humor por uma pessoa FELIZ!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

EU SOU FELIZ!!!!


Dedico este texto a todas vocês mulheres que sabem "ser feliz", independente do momento que estejam passando. Especialmente à você Glorinha que é e sabe nos fazer felizes; que reconhece que existem maus momentos e mesmo neles, sabe que nunca deixou e nunca irá deixar de ser feliz.
















Para refletir e mudar!!!

Durante um seminário para casais, perguntaram a uma das esposas:
- “Seu marido lhe faz feliz? Ele lhe faz feliz de verdade?”
Neste momento, o marido levantou seu pescoço, demonstrando total segurança. Ele sabia que a sua esposa diria que sim, pois ela jamais havia reclamado de algo durante o casamento.
Todavia, sua esposa respondeu a pergunta com um sonoro “NÃO”, daqueles bem redondos!
- “Não, o meu marido não me faz feliz”!
Neste momento o marido já procurava a porta de saída mais próxima.
-“Meu marido nunca me fez feliz e não me faz feliz! Eu sou feliz!”. E continuou:

“O fato de eu ser feliz ou não, não depende dele; e sim de mim. Eu sou a única pessoa da qual depende a minha felicidade. Eu determino ser feliz em cada situação e em cada momento da minha vida, pois se a minha felicidade dependesse de alguma pessoa, coisa ou circunstância sobre a face da Terra, eu estaria com sérios problemas.
Tudo o que existe nesta vida muda constantemente: o ser humano, as riquezas, o meu corpo, o clima, o meu chefe, os prazeres, os amigos, minha saúde física e mental. E assim eu poderia citar uma lista interminável.
Eu decido ser feliz! Se tenho hoje minha casa vazia ou cheia: sou feliz!
Se vou sair acompanhada ou sozinha: sou feliz!
Se meu emprego é bem remunerado ou não: eu sou feliz!
Sou casada, mas era feliz quando estava solteira.
Eu sou feliz por mim mesma.
As demais coisas, pessoas, momentos ou situações eu chamo de “experiências que podem ou não me proporcionar momentos de alegria e tristeza”.
Quando alguém que eu amo morre, eu sou uma pessoa feliz num momento inevitável de tristeza.
Aprendo com as experiências passageiras e vivo as que são eternas como amar, perdoar, ajudar, compreender, aceitar, consolar.
Há pessoas que dizem: hoje não posso ser feliz porque estou doente, porque não tenho dinheiro, porque faz muito calor, porque alguém me insultou, porque alguém deixou de me amar, porque eu não soube me dar valor, porque meu marido não é como eu esperava, porque meus filhos não me fazem felizes, porque meus amigos não me fazem felizes, porque meu emprego é medíocre e por aí vai.
Amo a vida que tenho, mas, não porque minha vida é mais fácil que a dos outros. É porque eu decidi ser feliz como indivíduo e me responsabilizo por minha felicidade.
Quando eu tiro essa obrigação do meu marido e de qualquer outra pessoa, deixo-os livres do peso de me carregar nos ombros.
A vida de todos fica muito mais leve.
E é dessa forma que consegui um casamento bem sucedido ao longo de tantos anos.

NUNCA DEIXE NAS MÃOS DE NINGUÉM UMA RESPONSABILIDADE TÃO GRANDE QUANTO A DE ASSUMIR E PROMOVER SUA FELICIDADE!
SEJA FELIZ!

Mesmo que faça calor, mesmo que esteja doente, mesmo que não tenha dinheiro, mesmo que alguém tenha lhe machucado, mesmo que alguém não lhe ame ou não lhe dê o devido valor.
Peça apenas ao Universo/Deus/Espírito Maior que lhe dê serenidade para aceitar as coisas que você não pode mudar, coragem para modificar aquelas que podem ser mudadas e sabedoria para conseguir reconhecer a diferença que existe entre elas.

NÃO REFLITA APENAS! SEJA FELIZ!”

desconheço o autor

 
Bjs no coração!
 
Nilce
 
 

19 comentários:

cantinho she disse...

Queridaaaaaaaaaa vim agradecer o carinho no comment que acabei de ler no meu Cantinho, obrigada e eu tb gosto demais de vc...
Sim, eu sou feliz, aliás sou naturalmente feliz e adoro sorrir e dar muitas gargalhadas, aliás sou conhecida entre os amigos e parentes pela minha gargalhada...kkkkk mas estou em busca, querida amiga, exatamente do que vc falou da felicidade a dois, mas é uma busca tranquila, calma e serena, mas mesmo assim uma busca.. com 35 anos eu já aprendi que o amor chega qdo tem que chegar e que qdo estamos desesperados atraímos pessoas que não são pra gente, então tô tranquila conversando com O VENTO (hehehehe) Obrigada pelos seus comments de sempre, eu, simplemente, adoro todos!
Beijo, beijo!
She

PS: Agora vou ler o seu post e já volto pra comentar... hehe

cantinho she disse...

Queridaaaaaaaa!
Clap, clap, clap, clap (muitas palmas pra vc) que belíssimo post, amei e é isso aí mesmo, SEJAMOS FELIZES INDEPENDENTE DOS OUTROS, SEJAMOS PELA GENTE E PRA GENTE MESMO, adorei!
Beijo, beijo!
She

Mahria disse...

Resumindo: nossa felicidade, é "problema" NOSSO!


Post perfeito.

Bjs
Mah

Iram M. disse...

Amiga,

Eu sou apaixonada por este texto. Tenho ele guardado nos meus favoritos. Bom vc ter postado no seu super blog, assim, se por acaso não achar mais o meu, corro aqui no seu arquivo, que sou fã de carteirinha.

Beijo

Iram

disse...

Concordo muito com isso. Ser feliz depende de nós, mas também sei que pesa a influência dos acontecimentos que nos rodeiam, por isso, é algo que temos sempre que nos policiarmos para não deixarmos a felicidade dependente de alguém que não seja a nós mesmos. Muito bom!!!Bjosss

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

É isso aí, Nilce. Pra que a vida se não for pra ser feliz? Perder tempo dando trela pros outros? Ainda mais que tem um monte de gente que quer ver é a gente comendo capim.

E foi bacana vc dedicar pra Glorinha o texto, pq ela foi sincera e disse tudo o que sentia de peito aberto, sem medo e sem mentiras.

bom dia pra vc, Nilce! bjs

Jaque Gonchoroski ઇ‍ઉ disse...

Que lindo texto! E obrigada por me colocar entre essas mulheres!
E realmente nos decepcionamos pois queremos que a outra pessoa nos faça feliz, mas nem sempre é assim! Temos que ser felizes por nós mesmas. O restante é consequência :)

Beijos!

Denise disse...

Adorei o post de hj, Nilce.
Essa msg me identifiquei mto, tem tanta gente que pensa errado e mtas vezes esquecem de viver, só existem... e a felicidade está em cada um de nós!
Bjinhos

Marliborges disse...

Gosto muito dessa mensagem Nilce. Faz um tempão que recebi por email. Essa parte final da oração da serenidade, não tinha ainda, acho que colocaram depois, mas ficou bem legal. Ela (a msg) é muito séria, clara e verdadeira. Em resumo, é como diz aquela música: "...depende de nós..." Beijos amiga, ótimo post.

Glorinha L de Lion disse...

Oi querida! Obrigada pela homenagem!
Sei muito bem disso, que somos responsáveis por nós mesmos e que nosso caminhos só nós podemos percorrer, ninguém pode fazer isso pela gente! só que como disse a Rê aí em cima, às vezes as circunstâncias nos fazem esquecer disso...tem que mirar no sonho e ir correndo atrás dele...e isso, só nós podemos fazer.
Obrigada pelo carinho, beijão.

Kariane . disse...

Gostei, e concordo, a verdadeira felicidade tem que vir de nós mesmos, sem fazer com que essa "tarefa" seja de outro.

Beijos.

Ana Lúcia disse...

Amiga eu adoro esse texto.Nada de empurrar a nossa felicidade pra cima dos outros.Grande beijo e obrigada pelas visitas.

Lilian disse...

Nilce querida!!!!!

Que lindo!!!!

Adorei....

Verdade mesmo, a minha felicidade sou eu,depende somente de mim!!!

Jamais me esquecerei deste texto q vc postou!

Eu sou feliz,muito feliz...Tenho meu dias de jururuzisse,mas quem nw tem???Mas logo passa e volto a viver esta vida deliciosa!!!!

Bjs e otimo dia p/ vc!!!!

Betty Gaeta disse...

Oi Nilce,
Não que eu não tenha os meus momentos de tristeza, mas devo ter o gene da felicidade, pois mesmo nos piores momentos eu sempre tirei de letra e de preferência com um sorriso no rosto, e olhe que os momentos ruins não foram poucos ...
Bjkas e um ótimo jogo do Brasil para nós!

lolipop disse...

Acho a mensagem linda amiga...mas nem sempre conseguimos isso. Não vou mentir pra vc, houve momentos em minha vida em que a infelicidade já vinha ao acordar...hoje tento uma abordagem mais Zen. O aqui e agora sem demasiada reflexão.
Mil ternuras
Boa sorte para o jogo do Brasil!!!!

"Hamilton H. Kubo - Profundo Pensar" disse...

É muito importante fazer em nos a residência da felicidade.
Mesmo que essa busca seja de longo tempo, não se pode desistir.

Beijos!

lolipop disse...

Olha, já comentei hoje, mas não encontro meu comentário, snif...passando pra dar Parbéns pelo resultado do jogo!
BEIJÃO

Julyana Powbell disse...

Oi Nilce, como sempre escrevendo coisas maravilhosas... Muito bom para refletir.

Tenho uma proposta: Vamos trocar parcerias? Eu posto seu banner no meu blog que já tem bastante acessos por dia e você posta o meu banner no seu. Isso é ótimo para divulgação uma da outra e seria interessante para as duas partes. O que você acha?

Nilce disse...

Oi, pessoal

Obrigada pelos comentários.
É claro que chega uma hora que todos nós temos vontade de desisitir de tudo, achamos que não há solução, que somos as piores criaturas...
Essa é a razão desta postagem. a opinião de cada um é muito importante.
Já fiz um post sobre o meu "probleminha de saúde" e comentei sobre a "dor do outro".
Quem não leu e gostaria de ler, está no arquivo "Meu probleminha de saúde" e dê a sua opinião.

Adoro vocês e seus comentários. Todos!

Bjs no coração!

Nilce