Minha infância, minha vida, meus amores e dores; minhas idéias e meus ideais; idéias alheias, conversação entre sorrisos e lágrimas, tudo contado de uma maneira gostosa e com uma pitada de bom humor por uma pessoa FELIZ!

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Hoje é seu Aniversário!



 
Além dos Parabéns, estou aqui para ter uma conversa unilateral com você.













Você foi muito desejada, muito esperada, muito querida. Como sempre te digo, nasceu sorrindo para o mundo, apesar do que passou na hora do parto.

Criança incrível, sempre demonstrando felicidade. Alegre, divertida, sem preconceitos, cresceu fazendo muitos amigos por onde passou. Deixou legados. Sabe ser caridosa, educada, respeitosa e se fazer respeitar. Você tem seus defeitos, mas as suas qualidades ninguém discute.

Você é a filha que pedi a Deus: patricinha, cheia de manias, dengosa, linda, com um coração do tamanho do mundo. Você foi minha mãe quando só poderia ser filha. Foi conselheira, quando precisava de orientação. Foi amiga, quando precisava de segurança. Dona de casa, quando queria só brincar com suas “barbies”. Babá, quando também precisava de cuidados. Meu alicerce, meu tudo, quando eu achava que não tinha mais nada. Minha esperança, quando perdi meu chão.

Você foi adulta, quando era apenas uma criança.
E quando eu começava a perder a coragem de continuar, estava lá, sempre com um sorriso aberto a me ensinar o caminho, a solução. Você me ensinou que o amor é mais forte que tudo, que Deus existe e que Ele é onisciente, onipresente e onipotente. Filha, você me carregou no colo quando eu não conseguia caminhar com minhas próprias pernas. Foi minha professora de vida.

Superamos tudo porque estávamos juntas, porque você, desde criança, não desiste nunca. É persistente, sabe o que quer e luta por isso. Sempre buscando novas conquistas, novos horizontes, novos conhecimentos.

Meu amor por você é imensurável!

Sei que te peço perdão constantemente e agradeço muito pela tua existência. Mas quero que todos saibam o quanto você é importante para mim, não só como pessoa, como filha, mas também como irmã, como companheira de vida. Falante, alérgica (atchim...), feminina, sonhadora, chata, teimosa, briguenta, manhosa, mimada, chantagista, chiquérrima, alegre, feliz, querida, amada. Você é capaz de ser tudo isso ao mesmo tempo e num corpinho tão pequeno, tão frágil e ao mesmo tempo tão forte. Decidida, nos momentos mais difíceis. Chorona nos mais simples. Estrategista quando te é conveniente.

Filha, só nós duas sabemos. Só nós duas temos em mente tudo o que passamos juntas, e eu só tenho a agradecer. Sei que nossos atritos são inevitáveis. Afinal somos mãe e filha, e além de tudo somos iguais, mas nosso amor supera tudo. Estamos aqui, isto basta.

Brigamos quando estamos juntas, choro de saudades quando você viaja. Você sabe, sinto tua falta, tua presença me é necessária. Não precisa falar nada, só fica comigo, só continua me dando esse teu amor incondicional.

Você é meu bebê, minha criança, uma adolescente, uma mulher.
Já realizou quase todos os meus sonhos de mãe, só falta um, eheh, mas como você mesma diz: tudo há seu tempo. Eu sei esperar.


Bjs no seu coração e na sua alma!


Mamãe.


 

















antes de ir para o hospital



















Nós duas na praça, 4 meses



















dois anininhos



















16 anos, minha princesa



















Graduada em Administração aos 21 anos





















Bjs no coração!

Nilce

4 comentários:

Iram M. disse...

Noooossa, tudo de bom!
Ela é linda Nilce. Muito parecida com vc.
Percebe-se pelo o olhar a ternura que ela tem.
Realmente não tem como não ser coruja.
Agora fiquei curiosa pra saber qual seria o seu outro sonho que ta querendo que a filhota realize.
Pensei num netinho. Ah, mas mudei de pensamento. Vc ainda é tão jovem pra ser avó.
Nilcinha,
parabéns pela filha, por todas as coisas boas e por ser esta pessoa tão ateciosa.

Beijos

Iram

Lu disse...

Nilce...

Ehehehe parabéns para a Emiliana...Que Deus conserve toda a simpatia, carisma, beleza e felicidade dela.

Que mamãe coruja, mas tb com muita razão!

Bjs
Lu

Glorinha L de Lion disse...

Nilce, te lendo aqui, vi minha filha...a descrição da sua é igual à minha...é teimosa, turrona, chique, perseverante, obstinada...tudo igual...e a ua tb é linda! Adorei o modo como escreveu e a descreveu...lindo e emocionante...cumplicidade é o que temos com nossas filhas...bjs,