Minha infância, minha vida, meus amores e dores; minhas idéias e meus ideais; idéias alheias, conversação entre sorrisos e lágrimas, tudo contado de uma maneira gostosa e com uma pitada de bom humor por uma pessoa FELIZ!

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Casa arrumada!!!


Casa arrumada é assim:
Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.
Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.
Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas...
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:
Aqui tem vida...
Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.
Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.
E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.
Casa com vida pra mim tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.
Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante, passaporte e vela de aniversário, tudo junto...
Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda.
A que está sempre pronta pros amigos, filhos... netos, pros vizinhos...
E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia.
Casa com vida é aquela que a gente arruma pra ficar com a cara da gente!
Arrume a sua casa todos os dias...
Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela...
E reconhecer nela o seu lugar. 

"O caminho de cada um é feito pelos próprios passos, mas a beleza da caminhada depende dos que vão conosco."

 Bjs no coração!



40 comentários:

ELIANA-Coisas Boas da Vida disse...

que beleza de texto,fico triste hoje em dia ninguém quer receber ninguém para não desarrumar a casa!
eu adoro movimento cozinha com aroma de bolo ou uma carninha assando...muito bom!!

JOANA CAMPOS disse...

Nilcitaaa!
Falou e disse, casa pra mim tbém tem que ser assim? e se tiver um cafezinho quentinho perto do fogão e uma latinha de biscoito tbém é bom....ah o perfume do café, diz: aqui mora gente!

beijos

Mariazita disse...

É exactamente assim que, geralmente, as pessoas se sentem como em sua casa, não naquelas salas em cujo sofá até dá medo sentar, não vá desarrumar as almofadas :)))

Num armário da minha cozinha há uma gaveta que eu chamo de "hotel da barafunda". Aí encontra tudo que faz falta e não fica bem na gaveta dos talheres, ou dos panos da louça, ou das toalhas de mãos...
Lá encontra de tudo um pouco:)))

Uma boa semana. Beijinhos

Valéria disse...

Oi Nilce!
Passos que deixam nossas marcas e as de quem nos acompanha!
Adoro uma casa bem arrumada que você sente prazer depois em deitar para ler, por exemplo, se refestelando na sua harmonia. Concordo com você que ela tem que ter asua cara e sinais de vida. Nada de casa vitrine, de páginas de revista! Casas com sinais e cheiros dos que ali vivem, cheirinho de roupa bem lavada... Ô coisa boa e reconfortante, no friozinho então...
Beijão e ótimo restinho de semana!

Bia Jubiart disse...

Oi amiga!

Pelo texto vc vai se sentir muito bem em casa, tem livro até pelo banheiro...
Penso do seu jeito Nilce, casa tem quer ter vida! Muito asséptica, minimalista, dá até medo!

Amei o texto, ficou até gostoso de se ler... Viu! Fiquei a vontade na sua casa.

Beijoooooooooo

✿ chica disse...

Adorei o texto e minha asa está sempre com cara de TUUUUUUdo usadi, brinquedos na sala, em todos lugares,mesmo que tenha um lugar pra eles, etc.etc.etc....Adorei...

Casa deve ser usada!!! beijos,linda tarde,chica

Néia Lambert disse...

Supimpa! é o que achei do texto Nilce, a minha opinião é essa também, a casa é um lugar para a gente e os de fora se sentirem à vontade, nada de ser uma vitrine, onde apenas se pode ver e não mexer.

Beijos

Pepi disse...

Passamos pra desejar uma boa tarde e tuuudo do bom,Nilce
Beijinhos saudosos de
Verena e Bichinhos

Iram M. disse...

Oi Nilce,
Ja vi que vc vai adorar a minha casa. Ela é assim: organizada, mas com permissão para bagunça. Minha casa é apelidada de "Casa da mãe Joana" pois tudo que acontece, é aqui na minha casa. Recebo muito, mas apesar disso o chão não tem muitos arranhões, pois aqui, o povo costuma tirar os sapatos para entrar dentro de casa.

gostoso este post.

Beijo amiga

O resto vc vai ver.

Anne Lieri disse...

Nilce,adorei seu texto!Vc tem toda razão!Casa muito arrumadinha,dessas que se obrigam a entrar sem sapatos, que as crianças não podem entrar na sala...tô fora!Casa tem que ter o jeito da gente!A minha é arrumadinha,mas tem suas gavetas de tranqueiras uteis...rss...seus livros espalhados,Cds...e todo mundo tem liberdade de ser o que é!Muito bem vindo esse post!Bjs,

KINHA disse...

Olá Nilce

Gostaria muito de ser assim, mas sou virginiana e tanto eu como a minha maid Edileusa, que aprendeu comigo, (sabe, acho que ela deve ter ascendente em virgem, pois é muito pior que eu) somos neuróticas. Não suportamos pia molhada, o banheiro não pode ter vapor nem bagunca. Os lençois, depois do namoro tem que ser recolocados no lugar. Adoro festa, mas para tal tenho um salão ao lado do terraço que será transformado em espaço gourmet, após a viagem. Lá recebo minhas visitas.
Nas gavetas tudo tem que estar em ordem e não existem entulhos, o que não se usa vai para o lixo. Não sei se minhas visitas se sentem bem vindas, mas o fato é que quando convido tenho o máximo de carinho para com elas.
São maneiras diferentes de encarar as coisas, mas como diz minha mãe "cada um é um ser único e diferente".

Uma ótima noite à vc...
Bjooooooooooooooo.......

http://amigadamoda.blogspot.com

William Garibaldi disse...

Nilce, que POESIA!
Que texto belo!
Posso levar pra postar?

Nilce, eu concordo com tudo que disse, mas que geniais comparações.. realmente casa não é centro cirúrgico!

Que delícia de casa uma pessoa como vc mantém!
A minha casa tem tudo isso, epa.. mas acho que indo pra bagunça... vc me inspirou a arrumar o bangalô! Flores na mesa... uhmm boa idéia!
Só falta um novo amor.. acho que quero me casar de novo depois de ler este texto.
^.*

Heloísa disse...

Nilce,
É isso mesmo.
Casa é a que tem vida de quem vive nela.
Não é para ser vista, mas sim vivida.
Beijo.

Yasmine Lemos disse...

Nilce que prazer conhecer seu blog! é lindo ,fofo,aconchegante.Quero ser sua leitora ok?
obrigada pela visita e comentário no desabafo corajoso da professora .Vou te seguir
beijão

AVOGI disse...

eu sou assim desarrumada com arrumação eu arrumo e logo desarrumo pois nao sei onde arrumei e tenho de desarrumar para procurar, mas por cima está tudo arrumado refiro-me às gavetas por baixo virrrrrge maria mas por cima uau
o meu marido é virgem e é assim arrumadinho como só ele
mas é uma arrumaçao que para mim está desarrumada por ex: os sapatos no chao mas alinhados ora para mim sapatos arrumados é na sapateira e nao no chao
kis :=)

Teresinha Ferreira disse...

Olá Nilce,
Como vai?
Concordo plenamente que uma casa tem que ter vida, mas eu, particularmente, detesto uma bagunça.}Gosto de ver as coisas organizadas e arrumadas.kkkkk...
Bjs mil

Maria Luiza disse...

Nilce adorei o seu Blog, amei o seu texto. Casa, filhos, amigos, família... aconchego, amor...se complementam. Casa é isso, é o nosso porto seguro. Na minha, ou melhor na nossa, porque somos uma família, todos se sentem à vontade. Como eles dizem: Nossa casa, mãe, é o melhor lugar do mundo!
Um grande abraço

Marli Borges disse...

Nilce,

Eu também penso assim: casa é o lugar onde se vive, precisa ter vida, a marca de seus moradores. A casa precisa respirar. Mas não pense que sou adepta da desorganização. Não mesmo. Minha casa não é 'arrumada', mas está sempre limpa e procuramos mantê-la organizada, que é pra facilitar a nossa vida, pois a gente viaja muito e os netos estão sempre conosco, quando estamos em casa. Tenho pouca coisa, apenas o necessário. Mas eles trazem milhões de brinquedos!!! Precisa ver a bagunça. E os origamis que fazemos, minha netinha e eu? (céus, só vendo!) Deu preguiça de arrumar? Amanhã arrumo. Mas o bom de ter pouco é que tudo tem o seu lugar e a gente arruma rapidinho.

Como você, eu também desconfio dessas casas arrumadinhas, imaculadas, exibidas como um troféu. Até os cantinhos são "aconchegantes". Tudo muito bem arranjadinho... No meu tempo os psicólogos diziam que essas casas eram "habitações" onde pessoas "mal-resolvidas" mascaravam suas frustrações.

Nilcezinha, teu texto é dez!
Aplausos, amiga.
Bjsssssssss

Lis disse...

Oi Nilce
Texto gostosinho, sabor de festa!
de vida, de alegria.
Dá gosto sentir sentimentos rolando entre essas paredes.
Obrigada pela excelente sensação que tive .
um bom abraço

Beth/Lilás disse...

Nilcita!
Que texto legal, diz muito mesmo!
Eu sou daquelas que arrumo tudo e gosto de ver arrumado, mas não ligo se de noite os dois 'meninos' tiram as coisas dos lugares, principalmente na sala de tv ou nos quartos, afinal casa é pra se usar e curtir. Só não gosto de desleixo, sujeira e entrar de sapatos direto da rua pela casa.
beijocas cariocas

FlorAlpina disse...

Olá Nilce,
Bonito texto!

A minha casa também é assim,
(des)arrumada ao meu jeito!

Bjs dos Alpes

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

então vem pra casa q vc vai sentir mta "vida" aqui ahhaha a minha casa tá uma zona, preciso dar um jeito.

sei lá, casa hospital é complicado, a gente fica até incomodado pensando que vai estragar alguma coisa, vai fazer sujeira, não sei... não gosto não.

bom dia querida Nilce

Tati disse...

Oi Nilce, eu adorei isso! Esta lição aprendi com a chegada do filho. Antes eu era meio do tipo "centro cirúrgico", mas depois, fui aprendendo a relaxar. Hoje a casa não é assim, tão organizada, mas tem gargalhadas em todos os cômodos (e às vezes umas discussões também). Adorei o texto! E a foto da mesa arrumada com flores colhidas é linda!
Um beijo.

Jaque ઇ‍ઉ disse...

Lindo e verdadeiro texto amiga :)
Nossa casa tem que ter nossa personalidade. É o lugar que vamos passar o tempo, descansar, receber amigos... Então é bom ser cheia de vida, cores, flores e AMOR :)

Me encantei com a foto da linda netinha sorrindo ^^ Fofa!

Beijo amada!

Vivian disse...

Bom dia,Nilce!!

É exatamente assim!!Nossa casa tem que ser aconchegante!
**E no meu caso...com alguns brinquedos pela sala...rsrrs
Quem tem criança é inevitável...rsrsr
Beijos pra ti!!
tenha um lindo dia!!

welze disse...

delícia de postagem . tudo está bem. agradeço o carinho de sempre. beijos

Glorinha L de Lion disse...

A minha é assim...cheia de arranhões no chão e todos os lugares são usados...tenho trauma de infância, pois na casa da minha melhor amiga ninguém podia entrar na sala, nem os próprios donos. Sala era pra visita...eu hein? Casa é pros donos, pra quem mora nele, pra se sentir bem e à vontade. Tô fora! Ótimo texto Nilcita! beijão,

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Concordo em absoluto. A casa deve ser onde nos sentimos bem, não um museu intocável, mas prática, limpa (sem excessos, porque tudo o que é excessivo é doena!)e o reflexo de nós próprios. Belo texto!

Andréa disse...

É amiga,
nossa casa , nosso cantinho tem que ser de luz, é o nosso aconchego, onde passamos o nosso tempo.
Eu tenho um problema com minha casa, sou doente com limpeza, tudo tem que ser arrumadinho e limpinho, vou refletir melhor este texto quem sabe eu mudo um pouquinho, rsrs.

Um grande beijo,
Andréa....

Abraão Vitoriano disse...

há certos textos que são necessários, indispensáveis que a gente leia e o seu foi serviu como estímulo e flor nesta quente tarde...

obrigado!

e aqui voltarei...

beijos,
do menino-homem

fique com Deus!

Yasmine Lemos disse...

Agora lendo seu texto com bem calma.Concordo ,acho que nossa casa é nosso sacrário,as panelas quentes , o cheiro do perfume ,são sinais de vida,de esperança,de continuidade.
beijos

Sônia Cristina disse...

Concordo em absolutamente tudo.

Casa com vida é casa usada.
eu gosto de limpeza mas sem neuras, detesto aquela linha que depois da faxina não se pode usar isto ou aquilo para não sujar.

Adorei esse texto!

ValériaC disse...

Que beleza...casa tem que transparecer movimento...perfumes, cheiro de comida... de bolo assado, de movimento,de aconchego, de vida...tudo isso é o que traz alegria, faz a casa ser um "Lar Doce Lar"...
Beijinhos...
Valéria

Socorro Melo disse...

Arrasou, amiga!
Sabe que eu penso mesmo assim? Você ilustrou muito bem, quando se referiou a "casa cenário de novela"...
Casa, é o lugar onde vivemos, e tem que ter nossas marcas, impressões, sinais...
Adorei o texto.

Beijos
Socorro Melo

diariodumapsi disse...

Ei Nilce!
Concordo com você, a casa que a gente vive tem que ter a cara da gente e sobretudo tem que ter VIDA!
Tem que ter ACOLHIMENTO!
Gd beijo

Bia Jubiart disse...

Bom dia Nilce!

Vai hoje lá em "casa", ela não está muito arrumada porque tem duas garotas sapecas aprontando...

Beijosssssssss

Taia Assunção disse...

Gosto da casa arrumada para o aconchego, com café fumegando na cozinha e pãozinho quente com manteiga derretida. Flores para eu sorrir quando olhar para elas e barulho de panela de pressão cozinhando feijão. Toalhas no varal secando, lençol esticado para a 'sesta' depois do almoço. Gosto de simetria, objetos tortos me incomodam...mas como os filhos já estão crescidos isso é fácil de controlar. No aparador da sala sempre tem um pote com jujuba para eu me deliciar entre minhas entradas e saídas. Na porta de entrada deixo minha pantufa para descançar o pé. E assim o dia é sentido. Beijocas!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Estou na Irlanda e apesar d tamb'em
este pa'is ter aderido ao FMI n#ao
se sente tanto stress como em Portugal.Desculpe n#ao ir muito bem
escrito mas o computador 'e me estranho. Concordo com o seu texto.
Acordei com chuva, 'e giro estar
atrav]es da janela a ver os corvos
que vem ao quintal sem qualquer
problema.
Estou numa casa onde h]a vida, ha
2 criancas, uma cadela, um coelhinho,
E muita chuva, mas tudo verdinho.
Que tranquilidad minha amiga.
Daqui consgui entrar bem nos
comentarios.
Muitos bijinhos de Tuam/Irlanda.

Dora Regina disse...

Receber alguém em casa significa partilhar um pouco de nós com os nossos amigos, portanto receber bem é fundamental.
Um abraço! Boa semana!