Minha infância, minha vida, meus amores e dores; minhas idéias e meus ideais; idéias alheias, conversação entre sorrisos e lágrimas, tudo contado de uma maneira gostosa e com uma pitada de bom humor por uma pessoa FELIZ!

segunda-feira, 21 de março de 2011

A arte de ser avó



(...)
E então, um belo dia, sem que lhe fosse imposta nenhuma das agonias da gestação ou do parto, o doutor lhe põe nos braços um menino. 
Completamente grátis - nisso é que está a maravilha. Sem dores, sem choro, aquela criancinha da sua raça, da qual você morria de saudades, símbolo ou penhor da mocidade perdida. Pois aquela criancinha, longe de ser um estranho, é um menino que se lhe é "devolvido". E o espantoso é que todos lhe reconhecem o seu direito sobre ele, ou pelo menos o seu direito de o amar com extravagância; ao contrário, causaria escândalo ou decepção, se você não o acolhesse imediatamente com todo aquele amor que há anos se acumulava, desdenhado, no seu coração.
(...)
No entanto! Nem tudo são flores no caminho da avó. Há, acima de tudo, o entrave maior, a grande rival: a mãe. 
Não importa que ela, em si, seja sua filha. Não deixa por isso de ser a mãe do neto. Não importa que ela hipocritamente, ensine a criança a lhe dar beijos e a lhe chamar de "vovozinha" e lhe conte que de noite, às vezes, ele de repente acorda e pergunta por você. São lisonjas, nada mais. No fundo ela é rival mesmo. Rigorosamente, nas suas posições respectivas, a mãe e a avó representam, em relação ao neto, papéis muito semelhantes ao da esposa e da amante nos triângulos conjugais. A mãe tem todas as vantagens da domesticidade e da presença constante. Dorme com ele, dá-lhe banho, veste-o, embala-o de noite. Contra si tem a fadiga da rotina, a obrigação de educar e o ônus de castigar.

Já a avó não tem direitos legais, mas oferece a sedução do romance e do imprevisto. Mora em outra casa. Traz presentes. Faz coisas não programadas. Leva a passear, "não ralha nunca". Deixa lambuzar de pirulito. 
Não tem a menor pretensão pedagógica. É a confidente das horas de ressentimento, o último recurso dos momentos de opressão, a secreta aliada nas crises de rebeldia. Uma noite passada em sua casa é uma deliciosa fuga à rotina, tem todos os encantos de uma aventura. Lá não há linha divisória entre o proibido e o permitido, antes uma maravilhosa subversão da disciplina. Dormir sem lavar as mãos, recusar a sopa e comer croquetes, tomar café, mexer na louça, fazer trem com as cadeiras na sala, destruir revistas, derramar água no gato, acender e apagar a luz elétrica mil vezes se quiser - e até fingir que está discando o telefone. Riscar a parede com lápis dizendo que foi sem querer - e ser acreditado!
Fazer má-criação aos gritos e em vez de apanhar ir para os braços do avô, e lá escutar os debates sobre os perigos e os erros da educação moderna...
(...)
E quando você vai embalar o neto e ele, tonto de sono, abre um olho, lhe reconhece, sorri e diz "Vó", seu coração estala de felicidade, como pão ao forno.
E o misterioso entendimento que há entre avó e neto, na hora em que a mãe castiga, e ele olha para você, sabendo que, se você não ousa intervir abertamente, pelo menos lhe dá sua incondicional cumplicidade.
Até as coisas negativas se viram em alegrias quando se intrometem entre avó e neto: o bibelô de estimação que se quebrou porque o menino - involuntariamente! - bateu com a bola nele. Está quebrado e remendado, mas enriquecido com preciosas recordações: os cacos na mãozinha, os olhos arregalados, o beicinho pronto para o choro; e depois o sorriso malandro e aliviado porque "ninguém" se zangou, o culpado foi a bola mesma, não foi, vó? 
Era um simples boneco que custou caro. Hoje é relíquia: não tem dinheiro que pague.
Rachel de Queiroz

Voltei!
E com calma vou visitar a cada um de vocês, inclusive os novos amigos que ainda não tive tempo. Alguns eu não tenho o endereço, mandem-me por favor. 
Não tenho palavras para agradecer tanto carinho. Vocês são maravilhosos, são muito especiais para mim. A cada um, meu reconhecimento de amiga.
Muito Obrigada!
Minha nora e minha neta estão ótimas. Meu filho um bobo e eu estou muito feliz, não caibo em mim, mais boba ainda. rsrs  Estou adorando esse negócio de "vovó" . É muito bom.
Mas estou voltando à realidade, e de vez em quando vou dar uma fugidinha rápida para matar as saudades. Sei que vocês me entendem.


Bjs no coração!


61 comentários:

Bia Jubiart disse...

A princesa é a cara da rainha avó!

Oh Nilce! Não tive a felicidade nem de conhecer a minha avó nem por parte de pai e nem de mãe... Solução: Adoto as avós dos outros, deve ser uma delícia afeto de avós...

Uma semana maravilhosa em companhia desta princesa e pais babões rsrsr.

Beijoooooooooo

chica disse...

Sewr avó é uma coisa linda mesmo. E tua neta está um doce!Curte tudo!beijos,felicidades!chica

Sonia Beth disse...

Nilce querida, curta o momento... Ele não vai voltar nunca mais ;o)

Nós te esperamos, no tempo adequado.

Néia Lambert disse...

Nilce, francamente, vc arrasou com esse texto! Que bonequinha a sua netinha, dá para entender a sua tamanha inspiração. Desejo muita saúde a ela, felicidade para toda a família e curta bem esses momentos em que estão completamente "bobos", são os melhores da vida!

Beijos

Leci Irene disse...

Nilce, este texto da Raquel de Queiroz é fenomenal! Uma visão verdadeira... hehehe
Nilce, de novo te dou os parabéns! Beije muito, abrace muito....

Iram M. disse...

Minha amiga, como foi gostoso ler esse post. Sinto nas entrelinhas a sua felicidade.
Também não é pra menos, quem não se derrete com tamanho presente, não é mesmo?
Que essa princesa te traga muitas alegrias e disposição pro resto da vida.
Parabéns, minha linda!

Nilce, pode curtir sua neta. Não importa o tempo que vc fique sumida. É ruim, é claro, mas vc está sempre nas nossas mentes e no coração. Não precisa está online para ser lembrada por que te gosta.

Beijinhos a todos.

ValeriaC disse...

Ow minha flor, com certeza ser avó, deve ser muito lindo mesmo...é pra curtir muitooooo.... ainda mais uma fofurinha como sua neta...tenha voce também uma feliz semana amiga...beijinhos
Valéria

Turquezza disse...

Parabéns pela netinha! Também gabhei uma dia 18 de janeiro!
Mas não vamos "estragar" muito heim!!! Depois a vida vai cobrar, não é?
Felicidades para a família.
Beijos.

Tati disse...

Nilce vovó querida, que amiga relapsa!! Eu não tinha visto que a Rafa tinha chegado. Parabééééns!!!!
E que texto ótimo este da Rachel de Queiroz, nunca tinha pensado neste "triângulo" que se forma entre avós e pais, não é que é verdade? rsrs
Ah, que coisa boa. Aproveite muuuuito. Ela é linda, delicada, uma flor.
Beijos.

GRAÇA disse...

Muito Parabéns, que felicidade no seu rosto de ter o seu nenezinho ao colo..
É muito lindo!
Deus o proteja pela vida fora
Ronrons da Kika e bjs da dona
Graça

Beth/Lilás disse...

Ai, Nilce, experimentar esta sensação nova deve estar sendo uma coisa deliciosa pra você!
Eu, não consigo nem imaginar quando isso poderá me acontecer, mas pelo que todas falam, deve ser uma experiência maravilhosa.
Quanto à bonequinha que é sua neta, só posso dizer-lhe que estou encantada com tanta formosura. Que bebezinha linda!
Volte, estamos com saudades.
bjs cariocas

Pepi disse...

Que lindinha a sua netinha,Nilce
Quero muito ser avó também, mas acho que, infelizmente, ainda vai demorar um pouco
Parabéns Nilce por esta linda criança
Muitos beijinhos de
Verena e Bichinhos

Lúcia Soares disse...

Nilce, o texto de Rachel de Queiros retrata bem o momento da avó.
Para mim, é a miaor benção que temos! Além de nos dar os filhos, Deus nos brinda com os netos.
Meu netinho mais velho fará 4 anos depois de amanhã, e eu só o verei pela internet. (snif demais! rs).
Rafaella é um docinho, como já está diferente da primeira foto! Linda demais!
Dá umas fungadinhas no pescocinho dela pra mim, quando a vir de novo!
beijos!

Vivian disse...

Bom dia,Nilce!!

Bem vinda de volta!!
Parabéns vovó!!!
Linda sua neta!!Nasceu com bastante cabelo!!Já puxou a avó!!
Beijos querida!!
Lindo e eterno momento que dividiste conosco!
Boa semana!!

Taia Assunção disse...

Que texto mais lindo. Deus abençoe nós avós e nossos netinhos maravilhosos. A sua é linda, parabéns aos pais e aos avós. Deus os abençoe sempre.

Bordados e Retalhos disse...

Raquel de Queiroz escreveu pra vc Nilce? Rsrsrsrs. Adorei tudo. Sua netinha é linda e seu papel como avó e especial amiga. Bjs

pensandoemfamilia disse...

Parabéns que você possa estar próxima da netinha comoavó mesmo, pois este é um lugar privilegiado de afeto.
bjs

Liza Souza disse...

Nilce, parabéns! A Rafaella é linda demais. Menina, e que texto lindo que retrata mesmo tudo o que eu imagino que uma avó sinta em relacao a um neto. Que voce curta muito esse momento e essa sua netinha linda, que certamente chegou para completar ainda mais a sua felicidade.
Beijos

welze disse...

dizem que as futuras mamães se iluminam. mas o que dizer das vovós? nossa! você está maravilhosa. Com um explendor no rosto, que até aqui, chegou sua luz. PARABÉNS, minha querida. Como diziam os antigos, você é mãe duas vezes. agradeço o carinho da visita, pois sei ou pelo menos imagino o quanto está sobrecarregada em distribuir tanta luz e amor. Fique em paz. beijos nas meninas. boa semana

Sônia Cristina disse...

Perfeito amiga.

Parabéns!
Deusa bençoe grandemente esse serzinho;

bj

Astrid Annabelle disse...

Nada é mais gostoso do que ser avó. O texto da Raquel de Queiroz é muito verdadeiro...é assim mesmo!
Baba...isso pode...muito!!!!Deve!!!
A Rafaella está mais bonita ainda..linda criança! E abençoada!
Parabéns Nilce e para os pais felizes!
Um beijo bem grande para todos!
Astrid Annabelle

Glorinha L de Lion disse...

Ô Nilcita, tb querooooo!!!!! Como ela é linda...tô daqui babando...queria dar uns apertuchos e umas cheiradinhas nesse cangote...ai que saudade do cheirinho do cangote dos meus babies...era tudo de bom...Inda demora aqui em casa...tá difícil minha amiga! me empresta a tua Rafa? só um pouquinho? rsrsrs beijos querida, estou feliz por vc, imagino sua felicidade!

Misturação - Ana Karla disse...

Nilce que lindo texto de Raquel de Queiroz!
Me fez emocionar, sem falar nas suas.
Deve mesmo ser maravilhoso.
Feliz dos avós que tem seus netinhos.
Mais uma vez, parabéns pela netinha.
Xeros

KINHA disse...

Olá Nilce

Que linda e fofa. Curta muito, pois o tempo voa. O meu que parece ter nascido ontem, já tem 6 anos.

Hoje tem as "Viagens da Kinha".

Uma ótima semana à vc.
Bjoooooooooooo.............

http://amigadamoda.blogspot.com

AVOGI disse...

PARABÉNS E é linda, mas diz-me só... já nasceu com brincos nas orelhas? (hihi )achei giro lindo ver a menina já de brincos amei (como dizes tu)
parabéns e como te sentes neste novo papel???
é bom , gostoso e é a continuação da espécie do ADN
kis :=)

felipe disse...

Nilce,
lindas palavras, parabéns pela linda netinha, que o senhor Jesus esteja sempre presente em suas vidas, com seus anjos protetor.
Tenha uma ótima semana!
bjs,
Andréa..

Andréa disse...

Desculpa amiga, eu enviei uma mensagem estava na conta do meu filho, mas eu que mandei.
Linda sua neta, Parabéns!

bjs,
Andréa...

Michele disse...

Que princesinha mais linda! Não é à toa que mamãe, papai e vovó estão babando!

Ai, Ni, amei esse texto! Fiquei aqui só imaginando o que minha mãe sente (e minha sogra também). Todos babam nessas pequenas fofuras!

Se puder e quando tiver um tempo, manda esse texto pra mim? Quero entregar às vovós daqui! Tentei copiar aqui, mas não deu certo! rss

Um beijo, querida!
Muitos beijinhos nesse anjo lindo!

Sergio disse...

Hola Nilce,

te felicito por tu nieto!
Qué Felicidad, no???

Que sean muy felices.

Te dejo saludos argentinos,

Sergio.

Parole disse...

Parabéns, vovó.Seu netinho é muito cute, cute, cute....

Beijos para os dois e uma semana linda.

lolipop disse...

Amiga querida...

Essa doçura de bébé, já tinha ganho seu coração há muito, e vai fazer sorrir como nunca essa avó meiga e doce, babadíssima que vc é!

Só desejo que possa desfrutar o máximo de todos esses momentos irrepetíveis...


Uma festinha garnde nessas bochechinhas macias por mim...
e para a avó linda, mil beijinhos!

Te adoro amiga!

saudades...

♥ κєκєl ♥ disse...

Que amor imenso!!!!!!

Mais uma vez parabéns vovó. Que a paz, saúde e alegria seja infinita em suas vidas.

Beijooooooooooos

Palavras Vagabundas disse...

Nilce, amei o texto que belo achado. É bem assim mesmo que nos avós somos.
bjs
Jussara

Elaine disse...

Oi Nilce, que legal vc compartilhar mais essa alegria. Sua ausência daqui é totalmente compreendida...
bjs

Esplendor da Criação disse...

A expressão de felicidade etá estampada no rosto da vovó. também com esta fofurinha só pode, veja só a tranquilidade dela dormindo da vontade de entrar por esta tela e coloca-la no colo aiiiiiii. Eu adoro bebezinho, já passei por esta alegria por três vezes e é sempre a mesma emoção, lágrimas de alegria. O texto diz muito é bem por aí, você verá. Um abração e mil beijos na Rafaela. Felicidades para a família.

Adriana Alencar disse...

Adorei o texto, parece que estava vendo a mim e a minha mãe, que é responsável por todos os "maus costumes" do meu filho tipo comer salgadinhos e dormir sem escovar os dentes. Deve ser mesmo uma delícia ser avó, parabéns!
Beijo
Adri

Carla Farinazzi disse...

Oi Nilce!

Você definiu muitíssimo bem essa coisa de ser avó. Vejo isso em relação principalmente à minha filha e à minha mãe. É desse jeitinho que você falou. E olhe que minha Carol já tem quase 15, mas ambas são as cúmplices maiores que há. Um barato isso! Parabéns para você, seu neto, seu filho e sua nora, enfim a toda sua família. Que esta criança traga muita luz e força pra você, que encha de colorido os seus dias!

Beijos

Carla

Meri Pellens disse...

Nilceeee, como é linda sua neta!!!!
Parabéns, vovó! Pode babar à vontade, é linda mesmooooo...
Beijo na alma, querida, e tudo de bom!

sinfonia disse...

Minha querida Nilce como é gostoso
essa partilha que está fazendo
connosco do novo estado: ser avó.
Lindo...lindo...lindo...o bebé!
Toda a sorte para ele e para os
seus familiares. Tudo o que escreveu está certo, mas é na
partilha dos momentos(entre todos)
que está a riqueza. Eu também estou
saboreando um Rodrigo que acaba de
completar 6 meses de vida e é o encanto de todos nós e até me deu
mais alegria de viver e tornou as
minhas dores físicas mais suportáveis.
Obrigada por toda esta partilha.
Um beijo da sua sempre amiga
Irene

JOANA CAMPOS disse...

Eu juro que quando eu for avó...deve demorar um pouquinho ja que meu filho mais velho so tem 6 anos....mas quando eu for avo, não vou ser coruja assim, nem bobona assim KKKKK Prometo!


Beijos lindona!

July disse...

Nossa que post lindo. Mas quem rouba a cena é sua linda netinha. já diz o ditado vô é mae duas vezes.

Nika disse...

Sua netinha é linda!! Nilce da vontade de apertar não dá....que coisa mais gostosa.Parábens!! Adorei o texto e é bem isso mesmo, minha mãe vive falando coisas assim sobre vó ter o dever de estragar o neto..rsrsrsrs
bjs e uma ótima semana.

Roberta Maia disse...

Que bonequinha!!! Muito fofa!!!
Eu quero um baby para mim,risos!!!

Que sua netinha tenha um Caminho ABENÇOADO POR DEUS!!!

Beijinhos Iluminados!!!
Muita LUZ!!!

Élys disse...

O texto de Rachel de Queiroz é perfeito.
Fico feliz em ver o seu entusiamo amoroso e não poderia ser diferente.
Além de ser sua neta, ela é linda.
Beijos.

Mariazita disse...

Querida Nilce
Só quem ainda não é avó pode não entender os momentos felizes que vc está vivendo.
É uma felicidade diferente de todas as outras, é única, inigualável!
Curta o máximo, amiga, cada minuto que possa estar junto de Rafaela.
A ela desejo toda a felicidade do mundo.
A você desejo muita saúde para poder gozar sua netinha, sempre.

Boa semana. Beijinhos

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Eita Nilce! que emoção! vi o post anterior tb, que linda que é a netinha!

fala sério, vc tá se aguentando de tanta felicidade? rs não é uma coisa linda essa menina?

parabéns! que a Rafaella seja muito feliz! ela é linda!

Manuela Freitas disse...

Olá querida NIlce,
Que maravilhoso presente recebes-te, é um tesouro...quanto ao texto, tão bem escrito, ele diz bem dos dilemas da avó e também das muitas alegrias que sempre vai tendo!...
Beijinhos,
Manu

Fernanda disse...

Querida Nilce!

Fiquei tão emociada que dificilmente direi coisa com coisa :)

Ser avó, diz-se, que é ser mãe duas vezes. Sabes que ainda não experimentei essas sensações, mas sempre as sonhei, e de certa forma vivi, quando o Pedro era pequenino.
Os avós tudo relevam e ai de quem ralhasse ao menino.
É tal e qual como dizes no texto, há mesmo rivalidade.

Parabéns!
Estás linda e doce com esse menino lindo ao colo.

Beijo enorme

Tabeteimasu - Denise disse...

Olá minha querida,

Imagino a sua felicidade, e estou muito feliz por estar compartilhando conosco esta sensação única!

Queria muito estar aí vendo de perto, mas só tenho a desejar que aproveite e muito cada momento com a Rafaella, ela é muito linda!!!

Fiquem com Deus, um beijão!

Lívia Azzi disse...

Ai Nilce!!

Que encato esse texto da Rachel de Queiros, dá até vontade de ser avó (e pular a experiência de ser mãe), hahaha!!

Rafaella é uma princesa!!

Mil beijos e ternuras....

Jaque ઇ‍ઉ disse...

Ahh vovó coruja!
Mas ela é linda mesmo amiga ^^
Tão pequenina naquele berço enorme rs

Falei com a mamis à tarde e ela me contou o que houve... Esperarei mais querida rs

Olha só eu te dando trabalho... rs
Obrigada amiga!

beijos

Pelos caminhos da vida. disse...

Que fofura de neta amiga, parabéns e muitas felicidades para toda a família.
Que Deus abençõe e ilumine muito a todos vcs.

beijooo.

Socorro Melo disse...

Olá, Nilce!

Quanta felicidade, hein amiga? Quanta ternura nesse bebezinho tão lindo!
Esse texto da Rachel de Queiroz define muito bem o que é ser avó, é muito verdadeiro, kkk. E é uma dádiva de Deus, da vida, ser avó,pois, é como ser mãe, de forma diferenciada, sem a responsabilidade e o compromisso que a missão requer.

Curta muito esse momento.

Desejo-lhe muita paz.

Socorro Melo

Cantinho She disse...

Mas é muito lindaaaaaaaaaaaaaaaa! Daqui a alguns meses minha mãe também experimentará essa emoção! Não vemos a hora do baby chegar! ;)
Beijo, beijo e SHEirinhos!

Lady Dai disse...

Amigaaaa!!!
Ela é linda d+!!!
Como é cabeluda!

Desculpa a demora em comentar como eu demoro a visitar... Fico desinformada dos principais acontecimento!

Beijos

Bombom disse...

Olá, Vovó!
Já deves ter dado pela minha falta, mas na minha condição de avó, fui a Londres festejar o 6° aniversário do meu neto mais novo e não regressei a tempo de saber a grande novidade! A Nilse já é Avó, também! PARABÉNS!
Que bela Princesinha! Que lindo cabelo, parece a Branca de Neve! Muita Saúde e Felicidades para toda a Família. Que os Anjos a protejam!
Gostei muito do texto da Rachel Queiroz. A mim, os netinhos vieram dar-me um novo élan e muita alegria de viver. E as referências dos Avós são muito importantes para o seu crescimento e desenvolvimento afectivo. Não podem é estar em contradição com as que os Pais lhes transmitem.
Aproveita bem, querida Amiga, porque eles crescem num instante!
Bjs. Bombom

Teresinha Ferreira disse...

Que coisinha mais linda!!!! Parabéns!
Pois é, agora que sou vovó percebo nitidamente o que minha mãe dizia em relação aos netos. Como é interessante ver, com outro olhar, o crescimento, as novidades e tudo mais.
É gratificante...
Tudo de bom.
Bjs mil

Lu Souza Brito disse...

Nilce, parabéns pela netinha. Avó é tudo isso e muito mais.
A minha deixava que eu fizesse "pelotão de feijão" com a mão, ahahha, jamais esqueci.(feijão, arroz e farinha, formando bolinhos).
Mãe educa e avó mima. Eu falo isso para minha sogra e ela diz que não vê a hora de eu ter um filho para ela mimá-lo em tudo que eu nao gosto.
Mas vejo pelos outros netos. É a avó mais amada do mundo, com certeza.
beijooos

avó que ama disse...

Oiii,Nilce fiquei feliz de saber que cumplicidades entre avós e netas(o) existe e é nomal só que no meu caso o meu rival é meu genrro minha netinha está com dois aninhos eu a amo tanto e ela da mesma forma (somos cumplices) mas ele barrou muita coisa estou sofrendo muito afalta dela, mas é lindo sua explanação. Obrigado!