Minha infância, minha vida, meus amores e dores; minhas idéias e meus ideais; idéias alheias, conversação entre sorrisos e lágrimas, tudo contado de uma maneira gostosa e com uma pitada de bom humor por uma pessoa FELIZ!

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

A velhice existe?

Alguns de nós envelhecemos de vez, porque não amadurecemos.
Envelhecemos quando nos fechamos para novas idéias e nos tornamos radicais.
Envelhecemos quando o novo nos assusta.
Envelhecemos também quando pensamos demasiado em nós mesmos e nos esquecemos dos demais.
Envelhecemos se deixamos de lutar. Todos nós estamos matriculados na escola da vida, onde o Mestre é o Tempo. A vida só pode ser compreendida se olharmos pra trás. Mas só pode ser vivida se olharmos para frente. Na juventude aprendemos; com a idade compreendemos… As pessoas são como os vinhos: A idade estraga as ruins, mas aprimora as boas.
fonte

Envelhecer não é preocupante. Ser visto como um velho sim que é.

Envelhecer com sabedoria não é envelhecer. Nos olhos do jovem arde a chama, nos do velho brilha a luz. Sendo assim, não existe idade, somos nós que a criamos. Se não crês na idade, não envelhecerás até o dia de sua morte.
Pessoalmente, eu não tenho idade: tenho vida! 
Não deixe que a tristeza do passado e o medo do futuro te estraguem a alegria do presente. A vida não é curta; são as pessoas que permanecem mortas tempo demasiado. 
Faça da passagem do tempo uma conquista e não uma perda.
desconheço o Autor






Não esqueçam do aniversário do "A vida de uma guerreira", dia 18/01. Estou esperando o selinho que a Elaine está fazendo para mim. Vamos fazer uma Blogagem Coletiva?
Ah, tem selinho novo na minha página de selos. É só clicar lá em cima em "meus selos".



Bjs no coração!



38 comentários:

Paloma disse...

NILCE, concordo com o exposto. Há
jovens tremendamente velhos. E,
pessoas idosas com disposição e ale
gria de viver.

Beijos

Ângela disse...

Querida minha, que lindo e verdadeiro esse texto. Pois eu me sinto uma garotinha (rsrsrs). Você sabia que nossos bloguinhos fazem niver bem pertinho, o meu nasceu dia 25/01, tbem esta prestes a fazer um ano.
Um enorme beijo. Estarei aqui na blogagem coletiva, me espere.

Tati Pastorello disse...

OI Nilce querida, desculpe a ausência prolongada. Quantas mudanças!! Seu blog está lindo! Adorei!!!
E tem aniversário? E blogagem coletiva? Qual o tema? Vou participar, está bem? Como não prestigiaria este espaço que é tão especial para nós?
Beijos.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Foi um prazer receber a sua visita
neste 2011.Concordo totalmente com
o texto inserido em 1º. lugar no
seu blogue. A velhice é preciso chegar a ela com sabedoria e sensibilidade.
Eu já estou na faixa etária da
velhice, mas vivo e penso como
se tivesse vá lá 40 anos...e é assim que quero continuar.
Para o seu sorriso bonito, um desejo, continui assim.
Beijo/Irene

Jaque ઇ‍ઉ disse...

Bom dia minha querida!
Concordo com você que envelhece quem quer. Temos que saber que isso faz parte da vida de todos, mas depende de nós fazer com que essa fase seja boa também.

E eu aceito participar da Blogagem xD

E tem post lá no blog, a Clarinha nasceu siim! =D

Beijo grande querida!

Jaque ઇ‍ઉ disse...

Ah amiga, e sobre o twitter, você vai em Design - Adicionar Gadget e na barra de pesquisa que tem na página você procura por twitter. Vai aparecer algumas opções lá, aí você escolhe. Eu não lembro qual foi que eu usei... Mas os que aparecem são iguais :)

Beijo!

Néia Lambert disse...

Nilce, na minha certidão consta que eu tenho 48 anos, mas a minha alma não concorda com isso, nem aqueles que comigo convivem. Sou uma criança nos momentos de ansiedade em querer aprender; sou adolescente, quando descubro as coisas boas da vida; sou jovem, ao sentir o vigor do amor; sou meia-idade quando a maturidade me tranquiliza e serei uma velhinha bem charmosa se Deus me permitir!
Seu texto ficou um primor!
Beijos

Beatriz - Jubiart disse...

Eeeeeeeeeiiiii reflexão, tá com medo da velhice ahahahahaahah, tem coisas na vida que podemos evitar sim, a velhice da alma é uma delas.

Nilce, tenho um bom exemplo aqui em casa, meu esposo tem 62 anos, é um profissional super atuante e trabalha em campo, é ex paraquedista, faz rapel, fazemos trilhas, quando não tínhamos filho, subimos até serra em cima de uma 250 cilindradas etc... e pesa somente 53 kilinhos, morro de inveja da barriga dele.

Então, para onde foi a velhice?

Espero que ela nunca chegue aqui...

Beijos nesta alma jovem.

Misturação - Ana Karla disse...

Nilce, eu já citei que o blog ficou lindo?
Se não,,, ficou lindo mesmo. rs
A velhice da carne é visível, mas de cabeça, conheço muitos jovens que já são velhos e muitos velhos bem jovens.
Quero viver sempre.
Xeros

Lúcia Soares disse...

Nilce, o texto é ótimo e verdadeiro. Por isso me sinto às vezes menina, às vezes velha demais... Se deixar o pessimismo invadir a vida, já viu, envelhecemos a alma, o que é pior.

(Querida, desculpa a confusão de aniversário, o meu é dia 28/04. Hoje é o do marido, de quem estou "de mal" - mas passa logo. rsrsr)
Beijo!

lolipop disse...

Nilcinha, querida amiga...
Belíssimo texto o escolhido.
A velhice é apenas um estado de espirito...adorei a frase..."a vida não é curta, as pessoas é que permanecem mortas tempo demasiado".
Claro que não vou esquecer esse aniversário...e a blogagem colectiva...
TERNURASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS

Beth/Lilás disse...

Bom dia, querida Nilce!
Palavras muito bem ditas, especialmente esta frase: "Na juventude aprendemos; com a idade compreendemos…"
Não tenho medo de envelhecer, tenho medo é de não acompanhar minha velhice de uma maneira sadia e digna.
Por isso, blogar é preciso, palavras cruzadas, leitura, bater papo com amigos, fazer ginástica, amar e ser amado.
Vamos lá, enfrentar o que tantos temem!
beijinhos cariocas

Isadora disse...

OI Nilce, Feliz 2011.
Com certeza nos dias de hoje não existe velhice se nos cuidarmos bem para o futuro e se mantivermos os olhos brilhantes e atentos ao que corre a nossa volta.
Um beijo

Luma Rosa disse...

Há dias e dias!! Dias que nos sentimos jovens e dias que nos sentimos velhos! Alguma coisa a ver não com disposição física ou aquilo que estampa a nossa carcaça, mas algo mais profundo que encerra em nossa alma!
Sentir-se amado, abrigado, querido, aconchegado, faz toda a diferença! Família, papai, mamãe, titia... (rs*)
Beijus,

Dama de Cinzas disse...

O texto é lindo, pena que não consigo fazer meu sentimento sentir isso aí... rs

Tenho pavor da velhice e tudo que ela representa e tudo que vem com ela... Fobia de envelhecer, é o que tenho!

Beijocas

ValeriaC disse...

Nilce minha querida... é verdade... tratemos de colocar mais e mais Luz e sabedoria em nossas vidas,seja a idade que for...

Ficou um mimo seu Blog, super delicado, adorei...beijinhos
Valéria

welze disse...

tenho quase 57 anos e adoro demais da conta minha idade, minha vida. me sinto melhor agora que alguns anos atrás. mais verdadeira, mais natural. mais eu. um abraço. adorei a postagem

Lívia Azzi disse...

Texto muito bom, Nilce.

Penso nesse sentido, tudo depende de como acreditamos e desejamos viver, daí vem nossas escolhas.

Parabéns pelo aniversário do blog e pode contar com a minha dia 18/01 e também na postagem coletiva.

Beijos!

Isa Mar disse...

Oi Nilce, que lindo texto!
Nos olhos do jovem arde a chama, nos do velho brilha a luz, adorei essa parte!
Nosso corpo é só uma casca que vamos deixar quando daqui formos,mas nosso espírito é eterno!
Menina... acredita que esqueci o niver do meu blog? kkkkkk foi dia 2 de janeiro,agora já foi,fica pro ano que vem!
Beijos pra ti!

Isa Mar disse...

Ahh, vc já foi no meu outro blog de cartões? passa lá dar uma olhadinha
http://minhamagia.blogspot.com/
Beijossss

António Rosa disse...

Nilce,

Texto excelente e sinto-o na pele e no espírito, todos os dias.

Dia 18 cá estarei. Até já marquei na minha agenda para não me esquecer.

Beijos.

António

Bombom disse...

Olá Nilce! Então quase a fazer um aninho? He, he, ainda é cedo para se preocupar com a Velhice! (Estava a brincar, claro).
A Vida de Uma Guerreira faz um ano no dia dos anos da minha Mãe (faz 95). E nesse dia, foi "gerado" O Meu Estaminé.Por isso farei uma surpresa, mas só nesse dia. Os sobrinhos fizeram-no nascer alí, imagina! Mas o primeiro post, ou seja o início, foi dois dias depois. Estou com vontade de confraternizar contigo na Blogagem Colectiva. Qual é o tema?
Quanto ao tema da Velhice, já conhecia esse texto que acho muito interessante e nos ajuda a reflectir.
Quando era nova, assustava-me ao pensar que um dia iria envelhecer. Mas com o passar dos anos, e já lá vão 67, descobri que, se tivermos alguns cuidados podemos "passar por entre a chuva, sem nos molharmos muito". Havemos de voltar ao assunto. Bjs. Bombom

Kelly disse...

Envelhecer com saúde não é o problema, o problema é realmente os problemas de saúde que acompanham a velhice, isso me dá medo.
Oba, aniversário!!!!
beijos

JOANA CAMPOS disse...

Amiga, eu acho que não vou envelhecer nunca! rsrsrs eu eapero!

BLOGAGEM coletiva? to dentro!

Passei para te convidar...tem sorteio rolando la no bloguito, vai la participar!

Bjs

Joana CAmpos

Élys disse...

O importante é a experiência adquirida, a conquista da sabedoria.
Um bonito texto.
Beijos

Camille disse...

Muito bem dito dona guerreira, nada a acrescentar, muito boa reflexao. Tem gente que vai da infancia a velhice sem escalas por falta de percepçao de si. Nossa que triste. Beijos e tudo de bom no aniversario do Blog,
Cam

"(H²K) - Hamilton H. Kubo" disse...

Linda, estimada e querida Nilce...
Olha quem esta aqui, retornando, voltando de bocado em bocado, mas assim chegando!
Primeiramente agradeço-lhe todo o carinho, e digo que esta foi a postagem mais acertada que li para o novo ano.

Adorei estas palavras:
"A idade estraga as ruins, mas aprimora as boas."

Perfeito não!

Espero que tudo esteja em ordem por ai, e que assim permaneça!
E estou certo que você é uma pessoa que o tempo aprimora...

Beijos

diariodumapsi disse...

Ei Nilce!
Que texto lindo! Parabéns pela escolha.
Envelhecer é um estado de espírito, conheço pessoas em idade avançada que tem mais vigor e desejo de aproveitar a vida que pessoas bem mais jovem.
Pelo jeito janeiro vai ter muita festa na blogosfera,heim!
Parabéns!
gd beijo

Iram M. disse...

Oi Nilsóvisk.
Vc nunca vai envelhecer com essa cabecinha jovial que tens.

Obaaa! Um ano de blog já?
entao eu sou uma veterana, sou uma das tuas primeiras seguidoras. Assim como vc tambem é uma das minhas primeiras. Lembra do teu primeiro selinho, que vc indicou a mim, a Lu e mais umas tres, pois nao tinha muito a quem indicar? Quem diria né, amiga! agora ta aí cheia de pessoas que te admiram, te amam, sem ao menos te conhecer. Imagine se conhecesse.
Entao eu também estou fazendo um ano. Ah, vamos comemorar? Eu topo.

Voltei amiga, pra ficar contigo. Esse fim de ano foi uma loucura, mas uma docura. Daqui a pouco tenho que voltar para Alemanha, meu pai já esta me cobrando os próximos capitulos. Tadinho. O que que a gente nao faz por amor aos velhos. Olha o seu texto!

Te cuida! Vc ta bem?

UM cheiro

Iram M. disse...

Oi Nilsóvisk.
Vc nunca vai envelhecer com essa cabecinha jovial que tens.

Obaaa! Um ano de blog já?
entao eu sou uma veterana, sou uma das tuas primeiras seguidoras. Assim como vc tambem é uma das minhas primeiras. Lembra do teu primeiro selinho, que vc indicou a mim, a Lu e mais umas tres, pois nao tinha muito a quem indicar? Quem diria né, amiga! agora ta aí cheia de pessoas que te admiram, te amam, sem ao menos te conhecer. Imagine se conhecesse.
Entao eu também estou fazendo um ano. Ah, vamos comemorar? Eu topo.

Voltei amiga, pra ficar contigo. Esse fim de ano foi uma loucura, mas uma docura. Daqui a pouco tenho que voltar para Alemanha, meu pai já esta me cobrando os próximos capitulos. Tadinho. O que que a gente nao faz por amor aos velhos. Olha o seu texto!

Te cuida! Vc ta bem?

UM cheiro

orvalho do ceu disse...

OI, Cíntia
Passo,com calma,pra desejar-lhe um Novo Ano cheio de paz e prosperidade em todos os sentidos...
Cheguei hoje de viagem...
As minhas férias foram deliciosas... Ficar junto dos filhos e netos é tudo de bom!!!
Que bom, Blogagem Coletiva à vista!!!
Bjs com gostinho de início de ano

Lola disse...

Oi amiga Nilce!

Também acho que a gente envelhece mais a cabeça e a alma, mas um dia o corpo dá sinais né? Portanto, mente sana e corpo são! rs

Bjs

Betty Gaeta disse...

Oi Nilce,
Adorei o texto, muito replexivo!
Bjkas e uma ótima noite para vc.

http://gostodistonew.blogspot.com/

Silenciosamente ouvindo... disse...

Nilce, a solidão pode ser sentida
de várias maneiras e por vezes até
é boa. Depende da maneira como
a estamos a viver.
Estou um bocado saturada de chuva...aqui tem chovido imenso,
esta noite acordei várias vezes com
o barulho da chuva. Eu gosto de sentir "os pingos de chuva" e o cheiro da terra húmida, mas chuva
intensa não, e já estou com falta
de sol.
Desejo-lhe um bom dia.
Obrigada pelo seu comentário no
meu blogue.
Beijinho/Irene

Ângela disse...

Nilcinha, se eu tivesse um daqueles que vc. descreveu lá no blog com certeza eu não iria precisar de mais nenhum, seria comida e roupa lavada todos os dias, e não precisa consertar nada, eu mesmo consertaria.
Mas a pegada no martelo teria de ser de primeira. rsrsrsrs.
beijo querida, adoro seu bom humor.

O namorido (Renato) disse que que a velhice não é só estado de espirito não, dói o calcanhar, dói o ombro, dói tudo.
ficar velho é uma "nhaca" rsrsrs.

bjs.

rouxinol de Bernardim disse...

Sua filosofia de vida está bem plasmada aqui. gostei muito.
Bjs no coração e na alma... esteja onde ela estiver...