Minha infância, minha vida, meus amores e dores; minhas idéias e meus ideais; idéias alheias, conversação entre sorrisos e lágrimas, tudo contado de uma maneira gostosa e com uma pitada de bom humor por uma pessoa FELIZ!

domingo, 6 de junho de 2010

Relacionamentos!



















fonte imagem

Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim. Como tudo na vida.

Detesto quando escuto aquela conversa:
- Ah, terminei o namoro...

- Nossa, estavam juntos há tanto tempo...

- Cinco anos.... que pena... acabou...

- é... não deu certo...

Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.
Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.

Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?

E não temos essa coisa completa.
Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.

Tudo junto, não vamos encontrar.

Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele.












Pele é um bicho traiçoeiro. Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.


E às vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...
Acho que o beijo é importante... e se o beijo bate... se joga... se não bate... mais um Martini, por favor... e vá dar uma volta.
Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer.
Não brigue, não ligue, não dê pití. Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar... ou não.
Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto.
Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama.

Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?
O legal é alguém que está com você, só por você. E vice-versa. Não fique com alguém por pena. Ou por medo da solidão. Nascemos sós. Morremos sós.

Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.

Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?

Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração... Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.


E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse... A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.
Se alguém vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.

Na vida e no amor, não temos garantias.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar.
Nem todo beijo é para romancear.
E nem todo sexo bom é para descartar... ou se apaixonar... ou se culpar...


Enfim...quem disse que ser adulto é fácil ????

Arnaldo Jabor


Bjs no coração!

10 comentários:

cantinho she disse...

Eu simplesmente adooooooro esse texto, acho incrível, gostei muito reler... bjo, bjo!

Glorinha L de Lion disse...

Oi Nilce querida, concordo com tudo nesse post! tb acho que foi bom enquanto durou, ruim é quando é uma bosta e neguinho fica se aturando a vida inteira...aí, não deu certo e teimaram que desse....eu ein!
Quanto aos posts pros seus filhos vc já tinha me pedido pra eu ler uma vez, lembra? Eu li e achei muito bonito tudo o que escreveu pra eles...são 3 né? Aliás, gosto muito quando vc escreve em forma de texto, de conto...obrigada amiga por seu carinho viu? Beijos e bom domingo!

ONG ALERTA disse...

Tudo na vida tem seu tempo, não podemos mudar isso, paz.
Beijo Lisette

Kariane . disse...

Nossa, muito perfeito o texto! Disse tudo.
Espero que muitas outras pessoas leiam ;)

Beijos.

KINHA disse...

Olá amiga

Já estou em Massachussets, USA.
Aguarde os posts da viagem.
Saudades de vc.

Bjo

Iram M. disse...

Disse tudo.

Ai, deu até saudade de um pé na bunda,de dançar coladinho sentindo o arrepio da pele,de ouvir a música preferida e correr para o telefone e marcar um encontro...enfim, essas coisas deliciosas de inicio de namoro.
Falar nisso, não conta mais sua história? Queria ler...


Beijo

IRAM

Betty Gaeta disse...

Adorei o texto do Jabor. Eu penso realmente assim, não é pq acabou que não deu certo. Eu passei por alguns relacionamentos que acabaram, quem não passou? Não sou muito de ficar chorando pelo leite derramado e daí me recupero fácil, algumas pessoas me cobram por isto. Paciência, não adianta cobrar que eu não pago.
Bjkas e uma boa segunda-feira.

lolipop disse...

É um pouco triste quando um amor acaba, ou quando vc se sente traída. Já aconteceu comigo e a dor que sentia era física, que só passava quando adormecia o que nem sempre era fácil. Parece que o coração se apertava de magoado, não conseguia comer comida sólida, bebia só leite e iogurtes e acabei por ficar esquelética...Não sei o que doía mais se a perda, a solidão ou aquele pensamento que "de cada amor vc herda só o cinismo", detestava perder minha faceta apaixonada, deixar de acreditar.
Acabou passando. O autor do texto tem razão. Tudo na vida tem um fim.
Sempre dificil de aceitar. Como a morte.
Ternuras imensas...

Lilian disse...

amiga Nilce!

é tem gente que se gaba do amor através dos anos que se aturam, gente que a todo custo estufa o peito pra dizer,estamos juntos a 10,20,30 anos, como se anos juntos significasse felicidade carimbada,selada!
Muitos relacionamentos até são...nem todos...
Nada é nosso,e nem é pra sempre!

Relacionamentos e amores nw devem seguir normas,cada um ama do seu jeito,da forma que satisfaz..

Adoro o Jabor pq ele sempre tem as palavras na verdade e realidade certa!

Bjks